Dia Internacional de Luta Contra Homofobia LGBT é tema de Audiência Pública na ALBA

Vista do Pavilhão, situada em frente à Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA).
Vista do Pavilhão, situada em frente à Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA).
Vista do Pavilhão, situada em frente à Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA).
Vista do Pavilhão, situada em frente à Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA).

A Comissão de Promoção da Igualdade (CEPI) da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), realizará no dia 12 de maio de 2009, às 10h, na sala das Comissões Herculano Menezes, uma Audiência Pública pelo 17 de Maio – Dia Internacional de Luta Contra Homofobia LGBT. O evento acontecerá com a participação de entidades e representações LGBT.

 Denominado anteriormente como GLS, que representava gays, lésbicas e simpatizantes, o movimento contra a homofobia e a livre expressão sexual cresceu e ao longo do tempo foi mudando até se adequar ao termo hoje utilizado como LGBT, que representa lésbicas, gays, bissexuais,  travestis, transexuais e trangêneros.

A inclusão do “L” no início da sigla do movimento gay, foi determinado pelo crescimento do movimento lésbico e consequente apoio da comunidade gay às mulheres homossexuais. O novo termo LGBT foi aprovado na 1ª Conferência Nacional GLBT realizada em Brasília em junho de 2008.

O principal objetivo desse evento é a discussão de questões relacionadas com o respeito e direitos dessa comunidade LGBT. Ações e políticas públicas, também serão temas.

Promoção da Igualdade

A CEPI, como Comissão de Promoção da Igualdade junto com o seu presidente, Deputado Estadual Bira Corôa (PT/BA), promove essas audências públicas para dar espaço às comunidades que possuem menos visibilidade na sociedade e propor novas resoluções, dialogando junto com os orgãos públicos específicos às demandas de cada comunidade.

A Comunidade LGBT ainda sofre muito com a discriminação social, cerceada de muitos direitos de “cidadania” por causa de sua opção sexual.

O Deputado Estadual Bira Corôa (PT-BA) acredita na Promoção da Igualdade e vem lutando a frente da CEPI por resoluções para essas comunidades, não só LGBTs, como também comunidades negras, quilombolas, comunidade do Centro Histórico, do Parque Metropolitano do Abaeté, indigenas, entre outros Povos e Comunidades Tradicionais.

Bira pontua ainda, que esse processo é necessário para que muitos dos problemas enfrentados por essas comunidades sejam amenizados. Tudo isso gerando uma mudança social, principalmente na auto-estima dessas comunidades.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 114881 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.