Politicagem mobiliza falsos municipalistas na Bahia | Por Oldack Miranda

O Jornal Grande Bahia (JGB) é um site de notícias com publicações que abrangem as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador, dirigido e editado pelo jornalista e cientista social Carlos Augusto.
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um site de notícias com publicações que abrangem as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador, dirigido e editado pelo jornalista e cientista social Carlos Augusto.

Durante décadas os municípios baianos foram tratados de forma desrespeitosa e nada republicana. A frase é do Secretário de Relações Institucionais do Estado da Bahia, Rui Costa. Os que pousam hoje de paladinos da solidariedade aos municípios deixaram, só na saúde, 283 convênios assinados e não pagos, totalizando um débito superior a R$ 70 milhões. Na educação, também foram encontrados centenas de convênios engavetados.

O Secretário do governo da Bahia estava se referindo, em artigo publicado no jornal A Tarde (28/04/2009) aos falsos municipalistas que estão liderando um patético movimento de prefeitos protestando contra a redução da arrecadação do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) provocado pela desoneração de IPI, uma medida tomada pelo governo Lula para ativar a economia e combater o desemprego – um remédio contra os efeitos da crise financeira mundial.

E quem são os falsos municipalistas? Exatamente aquela turminha do DEM que deixou a Bahia no fundo do poço, Paulo Souto, César Borges, os seguidores de falecido ACM. E agora a turminha do PMDB, liderada disfarçadamente pelo ministro Geddel Vieira Lima. Lá estão eles, de braços dados, explorando politicamente a queda do FPM. É a mais pura politicagem.

A resposta do Governo Wagner não poderia ser mais construtiva. Para responder às necessidades municipais, o governo da Bahia obteve nada mais nada menos que R$ 1,1 bilhão de recursos extras para investimentos nos municípios que enfrentam dificuldades causadas pelos efeitos da crise financeira mundial na economia brasileira.

Aos falsos municipalistas do DEM, do PMDB e de partidecos coligados que passeiam hipocritamente pelo gramado do Centro Administrativo da Bahia neste momento (28) não interessam os recursos extras. É que não poderão desviar nada. Para o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) irão R$ 500 milhões. Outros R$ 210 milhões irão para o Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) e outro tanto irá para a recuperação de escolas, obras em infraestrutura, habitação e saneamento.

A necessária medida de desoneração do IPI provocou um rombo de R$ 300 milhões nas contas do Estado da Bahia. O Governo Lula socorreu a Bahia com um empréstimo (BNDES) de R$ 375 milhões.

Os falsos municipalistas, picaretas políticos, não querem saber de nada disso. Afinal, são verbas carimbadas, poucos sujeitas a desvios. Eles querem mesmo é o FPM para encher o bolso de muito prefeito corrupto.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112636 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]