Gey: lembrança eterna | Por Emiliano José

O Jornal Grande Bahia (JGB) é um site de notícias com publicações que abrangem as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador, dirigido e editado pelo jornalista e cientista social Carlos Augusto.
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um site de notícias com publicações que abrangem as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador, dirigido e editado pelo jornalista e cientista social Carlos Augusto.

Tive a imensa satisfação de estar com ele em mesas de debates, em palestras onde o discurso dele nos encantava, e em conversas ao pé da fogueira quando ele podia exercitar a sua vocação política de guia de muitos de nós, sem que tivesse a pretensão de sê-lo.

Victória Espinheira, professora e amiga, ouviu alguns alunos dele, ainda sob o impacto da morte. Leo, um deles, intrigou-se com o fato de Gey sempre ficar sentado na entrada do pátio de São Lázaro, na UFBA. Soube que agia assim para a eventualidade de algum aluno ou aluna ter dúvidas sobre sua aula anterior. O professor, o mestre. Cláudio André, outro aluno, era encantado com Gey por sua capacidade de ligar teoria à prática, trazer situações do cotidiano da cidade para a sala de aula. Patrícia Galvão era fascinada pela atitude dele de sempre procurar compreender o mundo, encontrar o que o mundo tem de bonito e o que tem de mais frágil. Ergue-se aqui o filósofo.

Tânia Cordeiro, professora, amiga, viu-o por outros ângulos. Gey tratava de temas pouco midiáticos, obscuros para alguns, como o das prostitutas. E esnobava a chamada objetividade ao envolver-se apaixonadamente com o que fazia, sem perder o rigor científico. E era um animador – todos os que trabalhavam com ele se envolviam profundamente. E mais, revela Tânia: quanto mais ele adquiria conhecimento, mais simples se tornava. E era ainda de uma grande leveza diante da vida: dizia que sua (imensa) barba estava pequena por causa da quimioterapia. O sábio.

Paulo Fábio, também professor e amigo, considera que Gey promoveu um feliz casamento entre ciência e magistério, sem nunca ter deixado de ser também um amante ardoroso da vida mundana da cidade que escolheu para viver, Salvador. Desfrutava tanto os prazeres das noites boêmias, como exercitava a presença solidária no cru e sofrido cotidiano dos bairros populares, para os quais se voltavam seus olhos sensíveis e ouvidos apurados, como dizia Paulo Fábio.

Gey viveu com intensidade a sua dimensão de ser político. A política em Gey se fazia pela sua imersão na vida dos excluídos, pelo esforço cotidiano na construção de uma sociedade verdadeiramente democrática, pela insistência em conferir a condição de protagonista aos cidadãos e cidadãs do povo e pela atitude generosa de distribuir o seu notável conhecimento com toda a sociedade. Como disse Paulo Fábio em programa da TVE, sempre que falarmos de Gey, estaremos falando de um tesouro de ensinamentos políticos, do qual sempre poderemos nos valer. Gey: tesouro eterno. Lembrança eterna.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108689 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]jornalgrandebahia.com.br.