Oposição repudia transferência da Infraero para o Rio

Logomarca do Jornal Grande Bahia.
Logomarca do Jornal Grande Bahia.

Os deputados de Oposição na Assembléia Legislativa da Bahia apresentaram hoje, moção de repúdio ao governador Jaques Wagner por não tomar qualquer providência junto ao governo federal, Ministério da Defesa e à Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), a fim de evitar que a Bahia perdesse Direção Regional Centro-Leste da Infraero. “Não bastasse os graves problemas apresentados no transporte aéreo baiano, especificamente na região cacaueira – que surgiram a partir do segundo semestre de 2008, quando a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) impôs restrições aos vôos operados por instrumentos no Aeroporto Jorge Amado na cidade de Ilhéus, apesar de outros aeroportos do país possuírem problemas estruturais bem maiores no entorno dos seus complexos aeroportuários e, mesmo assim não terem sofrido impedimentos iguais aos que se praticaram em Ilhéus – presenciamos agora um novo episódio que vem por demonstrar o atual desprestígio da Bahia no cenário político nacional”, afirmam os parlamentares na moção de repúdio.

De acordo com os deputados, a imprensa baiana vem destacando que a direção regional Centro-Leste da Infraero transferirá a sede de Salvador, a partir de 1º de abril, em decorrência da reestruturação para que a entidade passe a ser mais “moderna, econômica e competitiva”. Das atuais oito administrações regionais a Infraero passará a contar com apenas quatro – Norte, que será transferida de Belém (PA) para Manaus (AM); Nordeste, mantida em Recife (PE); a do Centro-Leste, que sairá de Salvador (BA) para o Rio de Janeiro (RJ); e Sul, de Porto Alegre (RS) para São Paulo (SP).

De acordo com a moção, se um dos parâmetros para a condução dos trabalhos de reestruturação da Infraero é o retorno financeiro, transferir a superintendência regional de Salvador para o Rio de Janeiro demonstra a grande incoerência praticada pelo Governo Federal, através do Ministério da Defesa, órgão ao qual a Infraero está vinculada. Essa decisão é um verdadeiro acinte, pois o governo federal prefere privilegiar a cidade de Recife, que movimenta quatro milhões de passageiros por ano, mantendo-a como única capital do Nordeste detentora de uma sede da Infraero, em detrimento da capital baiana que apresenta uma produtividade superior à capital pernambucana, haja vista que anualmente atende a mais de seis milhões de passageiros.

“Com esta medida, Salvador, além de perder poder de decisão sobre os aeroportos existentes na Bahia, perde prestígio e cargos administrativos com alto poder deliberativo no setor. Salvador tem o sétimo aeroporto mais rentável do Brasil – com um superávit de R$19 milhões em 2008, sendo também o quinto em movimentação de passageiros – enquanto Recife nem se encontra entre os dez primeiros”, enfatiza a moção. De acordo com o texto, a saída da Direção Regional Centro-Leste da Infraero da cidade de Salvador se traduz em mais um bom exemplo do quanto o Estado da Bahia atualmente é colocado à margem pelo governo federal quando diante de questões administrativas, especialmente envolvendo setores estratégicos como no caso do transporte aéreo.

“Portanto, nós deputados da Bancada da Oposição, vimos demonstrar a nossa revolta e o nosso protesto pela falta de empenho do governador Jaques Wagner junto ao governo federal, Ministério da Defesa e à direção nacional da Infraero, para impedir que Salvador perdesse a Direção Regional Centro-Leste da Infraero, uma vez que pouco ou nada se esforçou para reverter tal deliberação, enfatizam os parlamentares. A moção foi encaminhada ao governador Jaques Wagner, ao Senado Federal, à Câmara dos Deputados, à presidência da Infraero, à diretoria da Anac, ao Sindicato Nacional dos Aeroviários da Bahia, à presidência da Associação Comercial da Bahia e à Federação das Indústrias do Estado da Bahia (FIEB).

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108610 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]