Feira de Santana: Governo de Tarcízio Pimenta perde sustentação no caso Anaci Bispo Paim

A professora Anaci Paim, figura de expressão da Educação na Bahia.
A professora Anaci Paim, figura de expressão da Educação na Bahia.

O vereador da base do governo municipal, Getúlio Barbosa (PP/Feira de Santana), declarou que a manutenção do cargo de Secretaria de Educação de Feira de Santana, por Anaci Bispo Paim, traz desconforto ao governo e que o ideal seria que a mesma solicitasse a saída da prefeitura até que prove sua inocência no caso. A ex-secretária de Educação do Estado da Bahia é condenada por unanimidade pelo TCE (Tribunal de Contas do Estado), processo TCE/0068657/2005.

Outro a declarar que a saída de Paim se faz necessário é o radialista Carlos Geilson, no seu caso, tem a força política do voto, e de contar com influência sobre vereadores da base do governo. Geilson apoiou a candidatura de Tarczío Pimenta a prefeito de Feira, desde o primeiro momento e utiliza o seu programa de rádio para cobrar dos governos Federal, Estadual e Municipal uma postura ética permanente. No caso específico de Anaci, ele declarou inclusive com repercussões no jornal A Tarde, que a saída da mesma é inevitável. Além destas declarações, diversos vereadores se sentem desconfortáveis em defender ou sustentar o nome da secretária Paim. Nos bastidores é quase uníssono o pedido para que a mesma se afaste do governo e prove a sua inocência.

Contas rejeitadas

Anaci Bispo Paim teve as contas reprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE) nos processos TCE/0068657/2005 e TCE/000743/2006, referente ao período de 2003 a 2005, período em que foi secretária da Educação da Bahia.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111111 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]