Coluna de Antônio José Larangeira de 12 de março de 2009

Antônio José Larangeira.
Antônio José Larangeira.

Professores com comprovado vínculo empregatício em universidades ou centros de pesquisa da Bahia que queiram fazer doutorado fora do estado podem solicitar bolsas junto a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia (Fapesb). A iniciativa inédita foi lançada nesta segunda-feira(16/03/2009) e oferece um total de 20 bolsas de R$ 1,8 mil cada, mesmo valor praticado pelas agências nacionais de fomento à Ciência, Tecnologia e Inovação. Destinado a pesquisadores de todas as áreas do conhecimento, o Edital de Apoio à Capacitação Docente tem como objetivo ajudar a complementar a formação de professores das instituições baianas de ensino superior. As bolsas terão duração máxima de 48 meses, tempo de conclusão do doutorado. Após esse período, o professor retorna à universidade baiana com a qual possui vínculo. “A troca de experiência com pesquisadores de outros estados só tem a fortalecer o corpo docente das nossas instituições”, aposta a diretora geral da Fapesb, Dora Leal Rosa.

Conversão

O empresário Noide Cerqueira Filho, figura bem sucedida no mundo dos negócios, que atualmente é diretor de comercialização da Norauto, concessionário da Ford em Feira de Santana, fez recentemente uma aliança com Jesus, se convertendo evangélico. Dias atrás, foi visto almoçando numa churrascaria com o presidente da Associação dos Ministros Evangélicos da Bahia bispo Roque Hudson Mamona e o ex- vereador Jorge Oliveira. É filho do saudoso deputado federal e advogado Noide Cerqueira.

Criativa profissional

Foi após conhecer a farmacêutica Liliane Bamberg – enquanto passava férias em Fortaleza – que a empresária Nara Lamberty resolveu “importar” essa criativa profissional de saúde para trabalhar na Bahia. Conhecida por aprimorar as tradicionais fórmulas de shakes de acordo com os objetivos e necessidades de cada paciente, por aqui ela já deu um upgrade fantástico em dois produtos oferecidos pela Bio Manipulação, na Pituba. Em SAS.

Gestão

A Uefs vai implantar uma nova metodologia de gestão para aperfeiçoamento do serviço prestado à comunidade. Trata-se do Plano Diretor de Gestão (PDG), baseado no Modelo de Excelência em Gestão Pública (MEGP), praticado pelo governo federal e por diversas instituições públicas no Brasil e no exterior. O PDG terá ciclos contínuos de avaliação e aperfeiçoamento que compreendem sete elementos integrados (liderança, estratégias e planos, cidadãos e sociedade, pessoas, processos, e resultados), explica Carlos Eduardo Cardoso de Oliveira, chefe da Assessoria Técnica de Desenvolvimento Organizacional da Uefs (Asplan).

Sobre Antonio José Larangeira 3095 Artigos
Antonio José Larangeira nasceu em 11 de janeiro de 1945, é natural de Santo Amaro da Purificação (BA), é formado em Administração, pela Faculdade Anísio Teixeira (FAT). Atua como jornalista profissional, com registro nº 514 (SINJORBA/FENAJ) e publica coluna diária nos jornais Grande Bahia, Pátria Latina e Tribuna da Bahia. E-mail: [email protected]