Feira de Santana: Cresce desconforto dos vereadores com permanência da secretária Anaci Paim na administração municipal

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Logomarca do Jornal Grande Bahia.
Logomarca do Jornal Grande Bahia.

Aumenta a grau de pressão dos vereadores, tanto por parte da oposição como dos que compõem a base do governo, para que o prefeito Tarcísio Pimenta afaste de suas funções a atual secretária de Educação do Município, Anaci Bispo Paim. Ela na condição de ex-secretária de Educação do Estado, que teve as suas contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas do Município (TCU), devido à constatação de inúmeras irregularidades cometidas durante a sua gestão.

O vereador Getúlio Barbosa (PP), é um dos parlamentares que pede o afastamento da secretária, pelo menos durante o período em que acusada prepara a sua defesa. Ele é da opinião de que caso fique evidenciado a sua inocência, ela poderá reassumir o cargo.
O clamor dos vereadores neste sentido é cada vez mais evidente. O excesso de “responsabilidade” com que o prefeito vem tratando o caso já esta causando estragos políticos. A persistir nesta posição os resultados deste imbróglio político poderá respingar em sua administração. Administração esta que se inicia ofuscada pela administração de seu antecessor José Ronaldo, que durante o seu governo, obteve um dos mais altos índices de aprovação popular já registrado no calendário político do município.

Apoiar politicamente uma cidadã com um histórico como este é uma temeridade. O povo por diversas vezes tem manifestado a sua intolerância com situação desta ordem. Ninguém mais está demonstrando disposição em tolerar escândalos de corrupção na esfera pública, nem conviver com o grau de impunidade existente no país. A resposta pode ser dada, mais rápido do que se espera, no próximo pleito eleitoral. Quem viver verá!

Contas rejeitadas

Anaci Bispo Paim teve as contas reprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE) nos processos TCE/0068657/2005 e TCE/000743/2006, referente ao período de 2003 a 2005, período em que foi secretária da Educação da Bahia.

Sobre Carlos Augusto 9656 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).