Ronaldo admite que dívidas do município é de aproximadamente 140 milhões de reais

O Jornal Grande Bahia (JGB) é um site de notícias com publicações que abrangem as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador, dirigido e editado pelo jornalista e cientista social Carlos Augusto.O Jornal Grande Bahia (JGB) é um site de notícias com publicações que abrangem as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador, dirigido e editado pelo jornalista e cientista social Carlos Augusto.

Durante entrevista coletiva concedida ontem à imprensa local, a exemplo do que faz todo final de ano, pelo prefeito José Ronaldo de Carvalho, na sede provisória da Prefeitura Municipal de Feira de Santana, ele falou sobre o problema da existência da dívida municipal.

Admitiu reconhecer a existência da dívida municipal que gira em torno de R$ 140.000.000,00 (cento e quarenta milhões de reais). Até aí, ele não acrescentou nada de novo, a não ser o fato de reconhecer de público que o débito existe. O mais curioso é que ao longo da reportagem o prefeito se referia à dívida, como se a mesma fizesse parte de um universo paralelo. Sempre utilizando o batido argumento de que ela é oriunda de governos anteriores, como se este fato justificasse a existência da mesma. E argumenta em sua defesa o fato de que ao longo das suas duas administrações vêm pagando, religiosamente, parcelas das dívidas que chegam a somar, na sua totalidade, a cifra de R$60.000.000,00 (sessenta milhões de reais).

Com relação ao débito contraído durante a sua administração, Ronaldo alegou que este começará a ser pago no terceiro ano de governo de seu sucessor, Tarcízio Pimenta, antigo desafeto e atual aliado político. O que o chefe do executivo e sua equipe contábil não explicam é se o prefeito eleito, (o mesmo, que durante campanha eleitoral disse que se eleito fosse o seu governo seria o terceiro mandato da administração José Ronaldo). Pretende continuar a honrar o pagamento das parcelas do débito municipal, já que no seu terceiro ano de governo dará início ao pagamento da dívida contraída pela administração de José Ronaldo, seu “fiel” aliado.

Se Pimenta resolver trilhar por este caminho terá sérios problemas de caixa. Começará e finalizará a sua administração pagando dívidas, o que provavelmente comprometerá em muito seu desempenho administrativo. Se este, resolver por contrair novos empréstimos para aliviar a falta de recursos em sua administração, irá criar um buraco negro nas finanças públicas do município. O quadro não é nada alentador para o prefeito eleito. O atual prefeito deixa para seu sucessor um verdadeiro presente de grego. Ronaldo fica com o bônus desta ciranda financeira, e Tarcízio herda o ônus.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]