Edição 2008 do Prêmio Jabuti é entregue em São Paulo

Estatueta do Prêmio Jabuti.Estatueta do Prêmio Jabuti.
Estatueta do Prêmio Jabuti.

Estatueta do Prêmio Jabuti.

O secretário executivo do Plano Nacional do Livro e Leitura (PNLL), José Castilho, representará o ministro da Cultura, Juca Ferreira, na cerimônia de entrega do Prêmio Jabuti, a se realizar na noite desta sexta-feira (31/10/2008), a partir das 19h30, na Sala São Paulo, na capital paulista. Concedido pela Câmara Brasileira do Livro (CBL), o Jabuti é considerado o mais tradicional e conceituado prêmio literário do país.

“A solenidade de hoje à noite terá um significado ainda mais especial, pois estarão sendo comemorados os 50 anos de atividades do Prêmio Jabuti, que nesse período de tempo promoveu o que existe de melhor no conjunto da produção editorial brasileira”, disse José Castilho. Ele enfatizou que “será uma honra poder representar o ministro da Cultura na celebração da edição histórica desse Prêmio”.

A 50ª edição do Jabuti concederá as estatuetas e os prêmios em dinheiro, os quais totalizam R$ 120 mil. Dessa soma, R$ 3 mil vão para os primeiros colocados das 20 categorias e R$ 30 mil para cada um dos autores dos Livros do Ano de Ficção e de Não-Ficção, cujos nomes só serão anunciados durante a solenidade. Pela primeira vez, a festa será transmitida ao vivo pela Internet (www.tvcultura.com.br/premiojabuti), num trabalho completo realizado pela TV Cultura.

Este ano, concorreram 2.141 obras, das quais foram selecionados 10 finalistas por categoria, no mês de agosto. Em setembro, foram escolhidos os três primeiros lugares em cada uma das 20 categorias. A lista completa dos vencedores está no endereço eletrônico www.premiojabuti.com.br/BR/resultadofase2.php.

Meio século de história

Além da premiação, a CBL vai lançar o livro Prêmio Jabuti – 50 Anos, realizado em parceria com a Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, com coordenação editorial da empresa Memória e Identidade. A publicação apresenta mais de 200 páginas de textos e fotos que registram a história completa da premiação. O livro inclui a relação de ganhadores, compreendendo o período de 1958 a 2007.

Desde a sua criação, o Jabuti foi concedido a autores brasileiros de renome, como Carlos Drummond de Andrade, Celso Furtado, João Cabral de Melo Neto, Nélida Piñon, João Ubaldo Ribeiro, Ruy Castro, Milton Hatoum, Lygia Fagundes Telles, Cecília Meirelles, Otto Maria Carpeaux, José Paulo Paes, Olga Savary, Celso Lafer, Francisco Alvim, Gilberto Freyre, Dalton Trevisan, Antonio Candido, Cassiano Ricardo, Milton Santos, Ruth Rocha, Haroldo de Campos e Paulo Duarte.

O nome do escritor Jorge Amado é o primeiro da lista completa dos vencedores do Prêmio Jabuti em suas cinco décadas de existência. Ele foi premiado em 1958 na categoria Romance, por Gabriela Cravo e Canela.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]