Alunas da Earte avaliadas pela Royal Academy of Dance

O Jornal Grande Bahia (JGB) é um site de notícias com publicações que abrangem as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador, dirigido e editado pelo jornalista e cientista social Carlos Augusto.O Jornal Grande Bahia (JGB) é um site de notícias com publicações que abrangem as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador, dirigido e editado pelo jornalista e cientista social Carlos Augusto.


Durante o mês de outubro as alunas da Earte, a mais tradicional academia de dança de Feira de Santana, passaram por um momento importante e especial. Foram avaliadas por examinadoras da Royal Academy of Dance, instituição inglesa de balé que detém o método mais utilizado no mundo na modalidade.

As avaliações aconteceram em duas etapas. A primeira foi realizada no começo desse mês, nas dependências da própria Earte. Durante dois dias, 45 alunas, dos níveis iniciais até o 5º grau, foram avaliadas pela examinadora inglesa radicada no México, Penny Rossete. Ela elogiou o desempenho das bailarinas feirenses, e também a cidade. “O clima de mexicanos e brasileiros é semelhante”, comparou ela, que desenvolveu o mesmo trabalho em outras cidades brasileiras como Porto Seguro, Ilhéus, Itabuna e Recife.

A segunda etapa ocorreu no dia 12 de outubro, em Salvador, capital do Estado, na Escola de Ballet Tereza Cintra. Haviam bailarinas de toda a Bahia, mas, somente a Earte representava Feira de Santana. Eram onze alunas dos graus Intermediate Foundation, Intermediate e Advanced 1, que são níveis considerados profissionalizantes para as bailarinas que quiserem seguir. A examinadora também era da Inglaterra, Therese Cantinne.

A bailarina e diretora artística da Earte, Manuella Oliveira Amoedo, afirma que a participação neste exame, que é de altíssimo nível e dificuldade, é a melhor forma de as bailarinas mostrarem o que aprenderam durante as aulas. “Tudo que elas vivenciaram durante todo o ano é apresentado neste momento”, resume. O certificado de aprovação é válido em todo o mundo, ou seja, a bailarina tem reconhecimento internacional da sua capacidade e do seu talento.

Os resultados são divulgados pela instituição apenas no mês de dezembro, porém, a direção os aguarda com tranqüilidade. Manuella lembra que a Earte foi a pioneira na cidade na realização do exame da Royal, que é proporcionado às alunas desde 1988. “E as alunas sempre tiveram excelente desempenho, representando muito bem a cidade”.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]