Conexão Rio- Um sonho realizado! | Por Christina Thedim

O Jornal Grande Bahia (JGB) é um site de notícias com publicações que abrangem as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador, dirigido e editado pelo jornalista e cientista social Carlos Augusto.O Jornal Grande Bahia (JGB) é um site de notícias com publicações que abrangem as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador, dirigido e editado pelo jornalista e cientista social Carlos Augusto.

Há dias em que tudo parece querer agradar a gente, o universo conspira a favor e as alegrias começam logo ao acordar.

Foi assim comigo hoje, dia 23 de agosto de 2008, um dia para não ser jamais esquecido. Uma chuva fina caía quando abri os olhos, e a sensação de aconchego foi plena e gratificante. Adoro dormir e acordar com a chuva, tenho sempre a mesma velha sensação de felicidade e proteção.

Bem, mas voltando ao assunto, assim que me deparei com o novo dia molhado e respirei agradecida, uma voz que costuma me acompanhar sussurrou ao meu ouvido: O Brasil tá ganhando no Volley! E pensei: caramba, é mesmo, hoje é dia de decisão! Como os felinos, dei aquela espreguiçada final, permanecendo por mais alguns segundos a utilizar o teto apenas como disfarce para ficar escutando o suave carinho da chuva em minha mente ainda atordoada entre o sonho e a razão. E a voz novamente: E então, não vai ligar a telinha para ver a conquista do ouro olímpico pela seleção feminina de volley? “Nossa”, pensei, “deixa eu ver logo isso antes que seja tarde”! E liguei a TV.

Conforme as meninas do Zé Roberto iam ampliando o placar, um sentimento raro de puro nacionalismo ia num crescente dentro do meu peito.
Os dois últimos pontos foram decisivos e, para finalizar com chave de ouro, os Estados Unidos nos deram a vitória com uma bola fora. Depois de perderem para a Rússia e para Cuba nas olimpíadas de 2004 e de terem que aturar a mídia sensacionalista acusando- as de “amarelar” sempre que chegavam a uma decisão, como aconteceu no Pan onde perderam para Cuba, a seleção brasileira feminina de volleyball se superou e mostrou que estava madura e pronta para nos dar o tão desejado ouro. Foi uma vibração enorme de todos no estádio, tanto dos que tiveram o privilégio de ver in loco, como de nós, torcedores ligados na imagem verde e amarela que inundava de triunfo e alegria todas as polegadas.

Abraços, lágrimas, emoção pura, sentimento de dever cumprido e de grande satisfação era o que se via a cada quadro. Parabéns, meninas, vocês, nós merecíamos essa medalha de ouro!

Confesso que, particularmente, não sou muito chegada as falastrices do Sr. Galvão Bueno, sempre dando a última palavra. Sinceramente, não sei prá que a Globo convida profissionais de cada modalidade esportiva para “apoiá-lo”. Eu mesma me sinto muitas vezes constrangida com tanta besteira derramada. Como pode uma só pessoa palpitar em tudo de maneira correta? Impossível! Mas até que hoje ele deu uma dentro, na minha modesta opinião. Concordo quando diz: Ah, se o Brasil tivesse um programa olímpico de grande atuação, nós teríamos uma quantidade muito maior de medalhas em nosso histórico olímpico! Fico pensando o que poderíamos “ser”como nação, caso tivéssemos investimentos concretos nas áreas formativas da saúde e educação. Isso é comprovado nos países sérios e dotados de uma maioria de verdadeiros cidadãos, conscientes e recebendo o retorno dos impostos escorchantes que nos impõe a sociedade capitalista, onde o único deus é o dinheiro! Fico sonhando um futuro melhor para nós, menos sofrido e ultrajante.

Enfim, acho que devemos parabenizar essa meninas guerreiras e esse técnico brilhante, que com a sua sabedoria e persistência, foi quem nos deu o primeiro ouro olímpico masculino e agora o feminino. Mas não podemos esquecer também de cobrir de glórias os outros dois atletas que nos deram medalhas de ouro: na natação, César Cielo e no salto em distância, Marren Maggi e mais os outros três que nos deram as de prata e os oito que conquistaram as de bronze!

Agora é só torcer para que daqui há pouco, a seleção masculina de volley consiga também superar sua derrota na Liga Mundial para os Estados Unidos, onde amargaram um quarto lugar, e trazer mais um ouro para o Brasil, tornado-se a única seleção brasileira a conseguir vitórias em duas olimpíadas e dois Mundiais seguidamente.

E que Deus abençoe essa brava gente brasileira que consegue superar o que parece impossível, levando alegria e um orgulho saudável aos nossos corações e mentes tão atormentados pelos fantasmas da corrupção, da impunidade e do descaso com o cidadão e seus direitos. Já os nossos deveres…Esquece prá ver o que acontece!
*****************************************************************************
Fale comigo: [email protected]

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]