Vaqueiro de Pedrão é tema de quadrilha vencedora do Arraiá do Galinho de 2008

Com o tema “A força, a fé e a magia do vaqueiro de Pedrão” o Terra Viva foi o vencedor do concurso de quadrilha do 19º Arraiá do Galinho 2008, realizado na Concha Acústica do Teatro Castro Alves, em Salvador nos dias 31 de maio e 01 de junho. A quadrilha Terra Viva tem 15 anos de estrada, com 65 integrantes moradores do bairro Estrada da Rainha, em Salvador. Apesar de não ser do município de Pedrão, a quadrilha resolveu homenagear a cultura e os Encourados de Pedrão. Além de conquistar o primeiro lugar do Arraiá do Galinho, O Terra Viva conquistou o primeiro lugar do Arraiá Paróquia de São Jorge e o quarto lugar do Arraiá da Capitá.

Sua próxima apresentação será no concurso da Federação Brasileira de Alternativos Culturais, no dia 28, sábado, às 18h na Praça Municipal de Salvador. O Arraiá do Galinho contou com apresentação de 14 quadrilhas. Seis disputaram os prêmios finais. As selecionadas foram: Forró Balancê, de Madre Deus; Renovação da Amizade, de Feira de Santana; Capelinha do Forró, de Salvador, Arrocha do Nó, de Itapicuru; Terra Viva e Asa Branca, de Salvador. Além de conquistar o prêmio, Terra Viva conquistou a melhor coreografia e melhor dançarino.

GALINHO – O Arraiá do Galinho surgiu no intuito de resgatar talentos da cultura tradicional na Bahia. Hoje é o maior e mais tradicional concurso de quadrilhas juninas do Estado. Desde que idealizado, em 1989, o Arraiá só não aconteceu em 1997. Sempre preocupado com a tradição do São João, o Arraiá do Galinho reúne apresentações de grupos regionais e atrações ligadas ao forró. Já passaram pelos palcos do evento artistas como Calcinha Preta, Falamansa, Flávio José, Targino Gondim, Estakazero, Tio Barnabé, Timbalada, Carlos Pitta, Zé Duarte, Sandro Becker, Cremilda, Marivalda, Genival Lacerda e Trio Nordestino.

Ao longo desses 19 anos, o Arraiá do Galinho mudou de nome apenas uma vez. Entre o primeiro ano do concurso e 1996, a festa era chamada de Arraial do Galo. A mudança foi feita para tornar o evento mais simpático e mais popular. Em 2007, o Arraiá do Galinho mantém a tradição de valorizar a cultura regional e o compromisso da TV Aratu de abrir espaço para algumas das manifestações mais tradicionais do nosso estado. Para as quadrilhas o arraiá doa 200 metros de tecido para a confecção das fantasias, para a sua apresentação. O evento é realizado pela TV Aratu/ SBT, e tem como patrocinadores: Bahiatursa, Prefeitura Municipal de Salvador, entre outros.

CIDADE – Pedrão é uma cidade localizada em cima de uma grande pedra, por isso o nome. Sua população em 2007, segundo os dados do IBGE, é de aproximadamente 7.238 habitantes. O município foi emancipado em 1960 e tem muitas riquezas em sua cultura, além de ser um local importante para a história da Bahia, pois foram os Encourados de Pedrão (vaqueiros pardos) que participaram da luta para a independência da Bahia em 1823.

Encourados significa homens revestidos de couro, ou que vão à guerra protegidos pela Couraça, (gibão com abas, a sua armadura). Os Encourados de Pedrão foram representando os sertanejos que vieram a Salvador dar reforço às lutas pela independência e sempre foram exaltados por historiadores e poetas, pela coragem e bravura registradas nos campos de guerra pela independência da Bahia.

Em 29 de novembro, por convocação do General Labatut, através do oficio, a companhia do Frei Brayner se dirigiu para o Quartel General, localizado no engenho Novo, no Recôncavo. Em 05 de Dezembro, o Conselho Imperial dirigiu ao Frei Brayner, novo ofício que declarava fazer marchar os voluntários do Pedrão para o Quartel General e se integrar como um Corpo de tropas, inclusive levando suas fardas (roupas de couro). Aos 02 de julho de 1823, após a entrada triunfal na cidade de Salvador, Frei Brayner guarneceu com sua tropa. Essa tropa recebeu do próprio Frei Brayner o nome de: Guerrilha Imperial dos Voluntários de Pedrão, Companhia de Cavalaria de Couraças, excepcionalmente, encourados. Depois da execução do hino ao Dois de Julho pela Banda Marcial da Marinha, sob a regência do suboficial Durval, começa o desfile, precedido pelo grupo de cavaleiros.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]