Raimundo Varela: O messiânico

Logomarca do Jornal Grande Bahia.Logomarca do Jornal Grande Bahia.

“Eu estava morto. Deus me deu essa última chance para fazer alguma coisa pela população pobre de Salvador”. Esta pérola foi proferida pelo apresentador de rádio e televisão Raimundo Varela, na terça-feira (30/11/2007), durante entrevista concedida, por ele, a uma emissora de rádio de Salvador. O apresentador falou como pré-candidato à prefeitura de Salvador, oportunidade em que aproveitou para espinafrar indistintamente as administrações municipais passadas e atual, e justificar o seu repentino interesse em ingressar no mundo da política baiana.

Este surto messiânico é um dentre muitos argumentos que surgem por parte dos postulantes a cargos públicos, com a aproximação das eleições. É muito comum nesse período, e até mesmo fora dele, aflorar em abundância estes tipos de aventureiros, traficantes de consciências que usam de subterfúgios e argumentos esdrúxulos para engabelar os incautos. Com esta postura de mistificador das grandes glebas urbanas, Varela deu a entender que procura justificar as suas investidas na vida pública, travestindo os seus interesses como se estes da coletividade fossem.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]