Fernando de Fabinho defende isenção de imposto

O vice-líder do Democratas na Câmara dos Deputados, deputado Fernando de Fabinho, defendeu hoje, em Feira de Santana, que os aposentados, a partir dos 70 anos, deixem de pagar ao governo federal o imposto de renda pessoa física. Segundo Fabinho, o brasileiro é um dos trabalhadores que pagam mais impostos no mundo e, por isso, não é justo que continue a pagar imposto, inclusive, no decorrer de sua velhice.

“É um absurdo o cidadão brasileiro depois de trabalhar 35, 40 e até mesmo 50 anos continuar a pagar o imposto de renda pessoa física. O dinheiro da aposentadoria da maioria do nosso trabalhador é pouco, porque ele recebeu salário baixo por toda vida. Portanto, nada é mais justo do que o cidadão que chegou aos 70 anos deixar de contribuir com o imposto de renda. Parece que é pouco, mas o dinheiro do imposto que ficará em sua conta vai ajudar muito para que ele possa comprar remédios, ajudar os filhos e até mesmo utilizá-lo em lazer” — afirma Fernando de Fabinho.

Fabinho disse ainda que os homens e as mulheres de terceira idade já se reúnem em associações para defender projetos socais que valorizem e beneficiem as pessoas idosas, que, a seu ver, deveriam estar inseridas em uma tabela progressiva, que lhes proporcionassem, a partir dos 65 anos, descontos gradativos no imposto de renda até chegar à isenção total aos 70 anos. Fernando de Fabinho acredita que, por meio de muita luta e mobilização da sociedade, projetos que visem à isenção do imposto de renda para idosos sejam aprovados na Câmara dos Deputados e no Senado Federal.

“As tabelas dos planos de saúde se baseiam na idade das pessoas. As empresas prestadoras de serviços têm maior cuidado e atenção nos gastos principalmente com as pessoas que chegaram à terceira idade. Quero dizer que quanto mais idade tem a pessoa, mais caro é o plano de saúde, o que se torna proibitivo à maioria dos idosos, porque eles não têm dinheiro para pagar as prestações. Por isso, apóio a isenção do imposto de renda para aqueles que têm 70 anos, bem como os descontos gradativos do imposto dos 65 aos 70 anos” — conclui Fernando de Fabinho.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]