Com a morte do senador Antonio Carlos Magalhães, tem início luta pelo espólio político

Antônio Carlos Peixoto de Magalhães foi um médico, empresário e político brasileiro com base eleitoral na Bahia, estado que governou por três vezes, além de ter sido eleito senador em 1994 e em 2002.Antônio Carlos Peixoto de Magalhães foi um médico, empresário e político brasileiro com base eleitoral na Bahia, estado que governou por três vezes, além de ter sido eleito senador em 1994 e em 2002.

Há pouco menos de um mês da morte do senador Antonio Carlos Magalhães (DEM-BA), os correligionários começam a dar sinal efetivos de descontentamento que poderá culminar com a saída do ex-governador e senador César Borges do partido.

O senador resolveu bater de frente com o ex-governador Paulo Souto dentro do DEM, César Borges se diz desconfortável na legenda depois que o desafeto assumiu a presidência da legenda na Bahia. Desde a mudança de nome de PFL para Democratas (em março), Souto aproximou-se mais do deputado federal José Carlos Aleluia. Juntos, conseguiram tirar a chefia da sigla do grupo mais ligado a ACM. A disputa pela cúpula do DEM na Bahia, já tem causado seus estragos internos no partido e, segundo entendidos no setor, a situação tende a se agravar ainda mais.

Senadores José Sarney, Antônio Carlos Peixoto de Magalhães (ACM, PFL-BA), Tasso Jereissati (PSDB-CE) e o deputado ACM Neto durante encontro no plenário do Senado Federal.

Senadores José Sarney, Antônio Carlos Peixoto de Magalhães (ACM, PFL-BA), Tasso Jereissati (PSDB-CE) e o deputado ACM Neto durante encontro no plenário do Senado Federal.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Carlos Augusto
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).