Sindicato não é apenas manifestação de desejo, é participação e ação | Por Kardé Mourão

Kardelícia Mourão Lopes (Kardé Mourão) presidente do Sinjorba e candidata a reeleição.Kardelícia Mourão Lopes (Kardé Mourão) presidente do Sinjorba e candidata a reeleição.

Nos dias 17 e 18 de julho de 2007 os jornalistas baianos estão sendo convocados a discutirem o seu sindicato. Nessa data, a categoria escolherá a diretoria que estará à frente da entidade nos próximos três anos. É o momento dos associados do Sinjorba se posicionarem ante a crise pela qual passa a entidade, hoje respirando graças a dedicação de poucos abnegados.

Nossa categoria encontra-se dispersa. Com a crise dos veículos de comunicação, o emprego formal, aquele com jornada fixa e carteira assinada, diminuiu. As redações empregam pouco e o enorme exército de reserva rebaixa a remuneração, obrigando-nos à informalidade e à dupla e até tripla jornada. Com isso, o tempo de todos foi reduzido e dedicar algumas horas por semana ao sindicato é hoje muito difícil para a maioria dos jornalistas.

Por isso, com todos os problemas, é preciso reconhecer o esforço dos colegas que estão atualmente na diretoria. Foi essa gestão que forçou a Tribuna a fechar acordo na DRT e assinar a carteira dos profissionais. Que abriu o debate sobre o Conselho e o diploma aqui na Bahia. Que mesmo com pouca disponibilidade e pessoas disponíveis, esteve presente nas redações e nas faculdades e que conquistou a reforma da sede do Pelourinho, em vias de ser concluida pela Conder.

Porém, também reconheçamos, isso é pouco diante das enormes necessidades e demandas que temos. Vamos ter que virar este jogo. O Sinjorba só será uma força viva e atuante na categoria se conseguir mobilizar os jornalistas e estes se sentirem co-responsáveis pela construção de um novo momento na entidade. Seja participando ativamente da ação cotidiana, seja estando presente nas atividades e vez por outra em algum projeto, ou mesmo apenas contribuindo regularmente com a mensalidade, esta participação, grande ou pequena, de todos, é que nos dará retaguarda para um novo momento.

Esta virada urge. O momento da categoria é de desânimo e poucas perspectivas. Todos os anos, na Bahia, 600 novos colegas iniciam o curso nas faculdades, nem sempre sabendo o que lhe espera no mercado de trabalho. Um sindicato fraco só permite o acirramento das dificuldades, favorecendo os patrões e reduzindo a auto-estima e o espaço profissional. Um sindicato forte, une a categoria e lhe dar mais poder para brigar por seus direitos.

Nos apresentamos à categoria com vontade de sermos atores nessa virada. A chapa 1, assim como a outra concorrente, conta com membros da atual diretoria. Isso reforça a democracia e anima o debate. Mas também, coloca todos frente a frente com a auto-avaliação, com a auto-crítica do que fez e pode fazer pelo Sinjorba. Sim, porque sindicato não é só manifestação de desejo. É participação e ação. Se na hora do mandato o espontaneísmo ceder lugar a empolgação de agora, repetir-se-ão os erros atuais.

Este grupo não se apresenta como salvador da pátria. Não se coloca como situação, nem como oposição. Se apresenta como jornalistas – com independência, diferença de credos, raças, ideologias e times de futebol – preocupados com nosso sindicato, com valores primordiais que nos une e com idéias a serem discutidas por toda a categoria, rumo a um novo programa para o Sinjorba. Sim, um programa que nos leve à luta, que transforme desejo em prática e que nos permita visualizar um futuro melhor para nossa entidade.

CHAPA “À LUTA, SEM PERDER A TERNURA”

DIRETORIA ESTADUAL

Presidente: Kardelícia Mourão Lopes – Kardé Mourão

1º Vice-presidente: Marjorie da Silva Moura

2º Vice-presidente: Raymundo Alves da Silva

1ª Secretaria: Regina Mª Ferreira de Oliveira

2ª Secretaria : Flávio Leonardo Oliveira

1ª Tesouraria: Hélio Brandão da Silva

2ª Tesouraria: Rita Conrado

Diretoria de Defesa da Profissão: Edson Miranda

Vice-Diretoria de Defesa da Profissão: Margarida Neide

Diretoria de Assuntos Jurídicos: Luiz Carlos dos Santos

Vice-Diretoria de Assuntos Jurídicos: Antonio Saturnino

Diretoria de Comunicação: Moacy Neves

Vice-Diretoria de Comunicação: Haroldo Abrantes

Diretoria de Cultura, Esporte e Lazer: Osmar Martins

Vice-Diretoria de Cult. Esporte e Lazer: Daniela Assis

Diretoria Social: Edmundo Magno da Silva Lemos

Vice-Diretoria Social: Valmir Palma

Delegado junto à Fenaj: Carlos Augusto Oliveira da Silva

Vice-Delegado junto à Fenaj: Ubiratan Passos Almeida

DIRETORIAS REGIONAIS 

SUL

Itabuna/Ilhéus: Valério Magalhães

Vice: Mauricio Maron

NORTE

Juazeiro: Antonio Pedro do Nascimento

Vice: Judas Tadeu

NORDESTE

Feira de Santana: Edson Felloni Borges

Vice: Antonio Cláudio – Cau Preto

EXTREMO SUL

Eunápolis: Marlene Abade

Vice: Athylla Borborema

OESTE

Barreiras: Miriam Hermes

Vice: Nádia Brescovici Borges

SUDOESTE

Vitória da Conquista: José Amorim da Silva Filho

Vice: Edna Santos Nolasco

SUDESTE

Jequié: José Nilton Meira

Vice: Domingos Ailton Ribeiro de Carvalho

Propostas de Ação da Chapa 1 – À Luta, Sem Perder a Ternura

Valores

→Ética, Responsabilidade Social, Respeito, Transparência.

Bandeiras

→Defender a criação do Conselho Federal dos Jornalistas, o Diploma de Jornalismo e os Direitos da categoria em todo o estado.

Identidade e Defesa da Profissão

→Fortalecer e ampliar a identificação dos jornalistas e estudantes de jornalismo com o Sinjorba, a participação dos colegas profissionais e estudantes na elaboração de projetos, encontros e ações promovidas pelo Sindicato, como cursos, seminários e atividades de confraternização, construindo coletivamente a opinião dos sobre os temas de interesse da categoria;

→Ampliar o número de profissionais filiados ao Sinjorba e atrair a filiação de estudantes de jornalismo, mantendo cronogramas de visitas periódicas às redações e faculdades;

→Discutir o estabelecimento de piso salarial de referência para jornais, televisões, rádios e sistemas on-line e iniciar sua aplicação já nas próximas negociações salariais com os veículos, conscientizando a categoria da necessidade de utilizar o valor mínimo nas negociações individuais com os contratantes;

→ Discutir o projeto de regulamentação para o estágio acadêmico supervisionado, elaborado por GT de trabalho da Fenaj;

→ Fortalecer a parceria com a DRT e o Ministério Público do Trabalho para combater as irregularidades nas relações de trabalho;

→Propor ao governo do Estado a realização de concurso público para contratação de jornalistas à Agecom;

→ Fortalecer a parceria com os demais sindicatos de jornalismo do Brasil e com a Fenaj;

→ Revitalizar a sede, tornando-a também ponto de encontro de jornalistas, criando o espaço Café do Jornalista e Lanhouse do Jornalista;

→ Buscar o Sinterp para discutir a unidade das ações e debater soluções para o histórico problema do sombreamento de tarefas, que prejudicam a categoria e só favorece as empresas.

Comunicação

→ Reformulação do site do Sinjorba: cadastro de currículos e empresas, oferta de trabalho, publicações, pesquisas, artigos, calendário de eventos, biblioteca, galeria, notícias, informes, prestação de contas, boletins, informes, prestação de contas, boletins, boleto para pagamento trimestral, semestral e anual de mensalidades;

→ Atualização e ampliação dos contatos de jornalistas baianos e empresas de comunicação, com a criação do cadastro da categoria, a ser disponibilizado em nosso site;

→ Resgatar o Jornal Pauta Livre impresso e on-line, com profissionalização de todo o processo, desde o financiamento até a edição;

→ Ampliar calendário de encontros e eventos com profissionais e estudantes de jornalismo;

→ Valorizar a nossa lista de discussão na internet, utilizando a mesma para ouvir a categoria acerca das demandas e ações do Sindicato;

→ Fortalecer o Fórum pela Democratização da Comunicação e os movimentos em defesa das rádios comunitárias;

→ Ampliar contato e parceria com demais atores sociais – ONGs, poder público e empresas – com o propósito de contribuir para a construção de uma sociedade mais justa.

Educação e qualificação profissional

→Ampliar parcerias com universidades, centros de ensino e de profissionalização para oferecer cursos de qualificação, aperfeiçoamento, especialização e gestão para profissionais formados;

→ Estabelecer parceria com universidades para oferecer descontos e condições especiais de pagamento para os estudantes de jornalismo filiados ao Sinjorba;

→Oferecer cursos de pequena duração que tratem de temas de interesse dos profissionais formados e em formação;

→ Estabelecer parceria com instituições de ensino para oportunizar ao jornalista e estudantes de jornalismo cursos de idioma com descontos e/ou condições especiais de pagamento

→ Intensificar os debates sobre a profissão e criação do Conselho Federal dos Jornalistas e defesa do Diploma de Jornalismo nas instituições de ensino e empresas de comunicação;

→ Montar uma biblioteca na sede do Sinjorba com livros e outras publicações, a partir de campanhas de doações junto a pessoas, poder público, ONGs e iniciativa privada.

Cultura, Esporte e Lazer

→ Ampliar parceria com estabelecimentos comerciais e centros de esporte, cultura e lazer para proporcionar descontos e condições especiais para jornalistas e estudantes de jornalismo;

→Estabelecer parcerias com iniciativa privada e governo no sentido de criar e estimular premiações anuais de trabalhos jornalísticos e acadêmicos, além de apoio para a realização das atividades;

→ Ampliar o calendário de eventos esportivos e culturais de jornalistas e estudantes de jornalismo, inclusive utilizando o espaço de nossa sede, como forma de estimular uma melhor relação do profissional com a sua casa.

Bens e Serviços

→ Habitação – Estabelecer parceria com instituições bancárias e governamentais para financiamento de imóveis residenciais para jornalistas com descontos e condições especiais de pagamento;

→ Plano de Saúde – Ampliar parceria com empresas de Plano de Saúde para diversificar as opções disponibilizadas para jornalistas e estudantes de jornalismo;

→ Plano Odontológico – Ampliar parceria com empresas de Plano Odontológico para diversificar as opções disponibilizadas para jornalistas e estudantes de jornalismo

→Creches e Escolas – Estabelecer parceria com instituições educacionais para oferecer descontos nas matrículas e anuidades de filhos de jornalistas e estudantes de jornalismo;

→ Fortalecer a assistência jurídica do Sindicato, firmando convênios com mais escritórios de forma a oportunizar opções aos jornalistas;

→ Implantar a cartão Sinjorba e o sistema de convênios do Sindicato, para garantir vantagens aos associados em estabelecimentos comerciais, livrarias, óticas, farmácias, academias de ginástica, clubes, hotéis e pousadas;

→Estudar e discutir com a categoria a criação da Caixa de Assistência, com formato semelhante ao da OAB e que ampare emergencialmente – e temporariamente – colegas associados que foram obrigados a afastar-se da profissão por problemas de saúde ou pessoais, com fundos oriundos da contribuição mensal dos seus membros.

Sustentabilidade

→ Ampliar a filiação de jornalistas e estudantes de jornalismo;

→ Modernizar a cobrança de mensalidades, com débito em conta e implantação do sistema de trimestralidade, semestralidade e anualidade;

→ Promover cursos, workshops, seminários, encontros, congressos e outras atividades de interesse da categoria, que possam proporcionar sobra de recursos;

→ Propor à Agecom, Assembléia Legislativa, Prefeitura de Salvador e outras grandes cidades e à Câmara de Salvador a cobrança da mensalidade com desconto em folha;

→ Potencializar o café do jornalista a e lan house como formas de arrecadar recursos, que mesmo mínimos podem contribuir com a manutenção da sede.

Jornal de campanha da 'Chapa 1', para eleição do Sinjorba de 2007 a 2010, apresenta componentes.

Jornal de campanha da ‘Chapa 1’, para eleição do Sinjorba de 2007 a 2010, apresenta componentes.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]