Os vencedores do 7º Prêmio Ethos de Jornalismo

O Jornal Grande Bahia (JGB) é um site de notícias com publicações que abrangem as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador, dirigido e editado pelo jornalista e cientista social Carlos Augusto.O Jornal Grande Bahia (JGB) é um site de notícias com publicações que abrangem as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador, dirigido e editado pelo jornalista e cientista social Carlos Augusto.

Reportagens de rádio, impressos, TV e mídia digital levam a pauta da sustentabilidade ao grande público. Em cerimônia realizada na noite desta quinta feira, no Teatro Alfa, do Hotel Transamérica, foram anunciados os seis ganhadores do 7º. Prêmio Ethos de Jornalismo. Na categoria Mídia Impressa Jornal, a vencedora foi a matéria “Capital de Risco para Empresas Sustentáveis”, da jornalista Andrea Vialli, do jornal O Estado de S. Paulo; na categoria Mídia Impressa Revista, conquistou o prêmio a matéria “Sua Empresa É Verde?”, dos jornalistas Cynthia Rosenburg e Eduardo Ferraz, para a revista Época Negócios, de São Paulo; em Mídia Eletrônica TV, foi vencedora a matéria “Compras Públicas Governamentais”, de André Trigueiro, da Globo News, do Rio de Janeiro; na categoria Mídia Digital (Internet), o prêmio foi conferido ao jornalista Davi Molinari, com a matéria “Empresa Desenvolve Equipamento Que Evita Poluição de Lâmpada Fluorescente; Mercado Depende da Difusão da Idéia de Reciclar”, publicada no site Inovação Unicamp, de Campinas, SP; a Mídia Eletrônica Rádio teve como vencedora a matéria “Crime e Responsabilidade na Era da Pedra-Sabão”, da jornalista Luciana Marinho, para a Rádio CBN de São Paulo; para receber o Prêmio Especial, foi eleita pelos jornalistas membros da Rede Ethos de Jornalistas a matéria “Novos Negócios do Clima”, de Alexsandro Vanin, editada pela revista Empreendedor, de Florianópolis, SC.

Veja abaixo um resumo das matérias vencedoras

Capital de Risco para Empresas Sustentável, de Andrea Vialli, para o jornal O Estado de S. Paulo, de São Paulo, SP.

A busca de projetos economicamente viáveis e que tenham uma forte vertente socioambiental é o trabalho de fundos de investimentos que já aplicaram mais de US$ 7 bilhões em “projetos verdes”. A matéria mostra quais são os critérios para buscar esses recursos e dá uma dica muito importante: os fundos estão interessados em empresas viáveis, que já tenham produtos e um modelo de negócios. A idéia é potencializar o resultado.

Sua Empresa é Verde?, de Cynthia Rosenburg e Eduardo Ferraz, para a revista Época Negócios, de São Paulo, SP.

Empresas, ONGs e consultorias trabalham na busca de conceitos para a definição de ações empresariais verdes. Mas quando grandes corporações começam a se perguntar se são verdes é porque precisam realmente mudar. A matéria oferece sete questões fundamentais para saber se uma empresa tem comportamento ambientalmente sustentável.

Compras Públicas Governamentais, de André Trigueiro, para a Globo News, do Rio de Janeiro, RJ.

Os países desenvolvidos têm cerca de 15% de seu PIB destinado a compras públicas. Nos países em desenvolvimento, esse percentual pode chegar a 30%. O uso de critérios de sustentabilidade nessas compras podem ser determinantes para a disseminação dos conceitos e das exigências em áreas ambientais e de saúde, bem como para induzir o desenvolvimento local.

Empresa Desenvolve Equipamento Que Evita Poluição de Lâmpada Fluorescente; Mercado Depende da Difusão da Idéia de Reciclar, de Davi Molinari, para o site Inovação-Unicamp, de Campinas, SP.
Empresa desenvolve tecnologia para aproveitar o mercúrio existente em lâmpadas fluorescentes e ajuda organizações certificadas com a ISO 14000 a cumprir a determinação de não espalhar poluentes pelo ambiente. A técnica funciona e os custos para retirar e reciclar são muito competitivos.

Crime e Responsabilidade na Era da Pedra-Sabão, de Luciana Marinho, para a Rádio CBN, de São Paulo, SP.

Perto de Ouro Preto, MG, ficam pequenos povoados que produzem a maior parte do artesanato em pedra-sabão vendido aos turistas. Crianças são utilizadas em trabalho ilegal e na mineração clandestina de pedra-sabão. Nas cidades está em vigor a lei do silêncio. A população dos povoados não denuncia, com medo de perder a renda.

Novos Negócios do Clima, de Alexsandro Vanin, para a revista Empreendedor, Florianópolis, SC.

A matéria aborda cases exemplares de empresas que conseguiram superar graves problemas ambientais gerados por sua atividade produtiva, com soluções criativas e rentáveis. A Sadia e a Coopercentral Aurora, por exemplo, investiram milhões de reais para aproveitar o gás metano gerado pelos dejetos da criação de porcos, enquanto a Gerar – Geração de Energia Renovável e a Agropalma produzem biodiesel a partir de resíduos resultantes de suas atividades principais.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]