Reali Junior fala sobre jornalismo

Em entrevista a revista Carta Capital, o jornalista Elpídio Reali Junior fala sobre os bastidores e a profissão de jornalista. Abaixo, reprozimos a pergunta e a resposta que conclui a entrevista:

CC: E o jornalismo, ainda vale a pena?

RJ: Vale, é claro. Mas mudaram as exigências. Antes, para ser correspondente, bastava falar uma língua estrangeira, ou o inglês ou a do país onde o jornalista trabalhava. Quando me mudei para Paris, há mais de três décadas, não havia internet e canais via satélite. Diários e revistas estrangeiros não circulavam nas bancas do Brasil. Atualmente, o jornalista, e o correspondente em particular, tem de dominar as tecnologias. Infelizmente, no Brasil, com o argumento da necessidade de cortar custos, a imprensa reduziu drasticamente o número de correspondentes. Acho isso um enorme erro. Os jornais, as revistas, deixam de oferecer ao leitor uma visão própria dos fatos, conectada com o que acontece no País. Isso empobrece não só o conteúdo dos jornais, que acabam pasteurizados pelas notícias de agências internacionais. É um empobrecimento do debate nacional, alimentado por visões estrangeiras dos temas mundiais.

Leia mais em:

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]