Quadrilha de fraudadores de obras do governo é desarticulada pela PF

O Jornal Grande Bahia (JGB) é um site de notícias com publicações que abrangem as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador, dirigido e editado pelo jornalista e cientista social Carlos Augusto.O Jornal Grande Bahia (JGB) é um site de notícias com publicações que abrangem as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador, dirigido e editado pelo jornalista e cientista social Carlos Augusto.

Aproximadamente 47 pessoas já foram presas, o mandado de prisão preventiva foi expedido pela ministra do STF Eliana Calmon. A operadora do esquema seria a empresa Gautama de Salvador (Ba). A quadrilha desviou recursos do Ministério de Minas e Energia, da Integração Nacional das cidades, do Planejamento e do DINIT. Detidos o deputado distrital Pedro Passos (PMDB); prefeito de Camaçari (Ba) Luiz Caetano ((PT); prefeito de Sinop (MT), Nilson Leitão (PSDB); ex-governador do Maranhão José Ronaldo Tavares (PSB), além de secretários de Estados e municípios.

As investigações realizadas pela Polícia Federal começaram em novembro de 2006. O esquema operava em três etapas: primeira, garantia o direcionamento de verbas públicas para as obras de interesse da quadrilha; segunda, obtinha a vitória das empresas envolvidas nas licitações para executar as obras; terceira, assegurava a liberação de pagamentos das obras superfaturadas, irregulares ou mesmo inexistentes.

Estão atuando na denominada Operação Navalha, cerca de 400 agentes federais que se encontram mobilizados na captura dos suspeitos no Distrito Federal e em nove Estados (Alagoas, Bahia, Goiás, Mato Grosso, Sergipe, Pernambuco, Piauí, Maranhão e São Paulo. Há ainda 84 mandados de busca e apreensão decretados.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]