Políticos articulam luta por uma Delegacia da Polícia Federal em Feira de Santana

O Jornal Grande Bahia (JGB) é um site de notícias com publicações que abrangem as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador, dirigido e editado pelo jornalista e cientista social Carlos Augusto.O Jornal Grande Bahia (JGB) é um site de notícias com publicações que abrangem as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador, dirigido e editado pelo jornalista e cientista social Carlos Augusto.

“Não vamos desistir. Vamos continuar lutando e conclamamos, mais uma vez, os deputados federais eleitos pela Bahia e por Feira de Santana, os senadores, para que possamos continuar unidos nessa busca e nos apoiar nessa luta, para instalação de uma Delegacia da Polícia Federal (DPF) em Feira de Santana. Só depende de vontade política do governo Federal, do Estadual e o municipal que, não tem nada haver com isso, mas, já se colocou a disposição para colaborar, se tornando parceiro nessa instalação”. Esta declaração é do vice-líder do Democratas na Câmara dos Deputados, deputado Fernando de Fabinho, que ficou indignado com a Divisão de Organização e Métodos da Diretoria de Administração e Logística Policial da PF que indeferiu o pedido. Para Fabinho, a atitude da PF é uma insensatez. Um desrespeito com a cidade, que é a segunda maior do Estado da Bahia.

“Feira de Santana é a 32ª cidade do País e a segunda maior do Estado da Bahia, com uma população de 600 mil habitantes. Em Feira localiza-se o principal entroncamento rodoviário do Nordeste e, conseqüentemente, transforma-se em uma rota de tráfego enorme. Temos ainda um grande sistema bancário e comercial, assim como um importante parque industrial. Com essa realidade, obviamente que Feira e região atraem um sem-número de marginais de toda categoria, que cometem crimes diversos e tiram a paz da população e dos empresários da cidade” — afirma Fernando de Fabinho.

O deputado afirmou ainda que vai insistir junto ao Ministério da Justiça e à Polícia Federal no sentido de as instituições reavaliarem o pleito e perceberem que uma cidade com cerca de 600 mil habitantes necessita de uma delegacia da PF, que daria maior segurança não só aos moradores de Feira de Santana, mas, a todas as pessoas que moram na região.

Esta luta de Fernando de Fabinho não é de hoje. Quando era ainda deputado estadual, ele fez vários requerimentos solicitando a instalação de uma DPF em Feira, ainda no Governo de Fernando Henrique Cardoso. Depois que assumiu uma cadeira na Câmara Federal, essa foi uma das suas primeiras bandeiras. “Tive a oportunidade de visitar a diretoria da PF, sendo recebido pelo diretor geral, Dr. Paulo Lacerda, conclamando a instalação da DPF. Na época ainda não existia a Justiça Federal, eu até fiz os dois pleitos. Já existia na Casa um projeto pedindo a sua instalação. A Justiça foi instalada e nós voltamos lá. Tivemos outra reunião com o Dr. Paulo Lacerda – continua Fabinho – levamos um ofício do prefeito José Ronaldo de Carvalho, afirmando que seria parceiro na instalação da delegacia, cedendo um prédio, material humano, em fim, o que fosse necessário para que pudessem trabalhar”.

Fernando de Fabinho revelou ainda que recentemente retornou a Diretoria da Policia Federal, reiterando a solicitação. Segundo ele, nesse último contato que teve com o Dr. Paulo Lacerda saiu satisfeito. “Até acreditei que o pleito seria atendido, porque ele concordou que Feira realmente carece de uma delegacia e que já havia feito estudos nesse sentido, e concordava. Para minha surpresa, quinze a vinte dias depois, recebo o documento negando peremptoriamente a instalação. A delegacia não serviria apenas a Feira, mas a toda região e a Bahia”, afirmou.

Outra consideração feita pelo vice-líder do Democratas para que Feira tenha uma Delegacia da Polícia Federal é que no município já está instalada a Justiça Federal, que, com a presença da DPF, poderia exercer suas funções com melhor desenvoltura, além de ter o apoio de policiais federais no que concerne ao cumprimento de mandatos e de ações perigosas como o combate a crimes, como roubo de cargas e as diversas modalidades de contravenções perpetradas por maus empresários que se organizam em quadrilhas.

“Eu e o prefeito José Ronaldo temos lutado muito para que a Polícia Federal se instale em Feira de Santana. Além disso, Feira e os municípios circunvizinhos têm uma bancada de deputados atuante na Assembléia Legislativa e na Câmara dos Deputados, além de contar com a cooperação do senador João Durval. Pretendemos continuar a pressionar o Ministério da Justiça para que a Polícia Federal se instale em Feira e trabalhe para a população, que quer seus serviços” — pondera o deputado, para logo concluir: O negócio é ter boa vontade e perceber que uma cidade com quase 600 mil habitantes não pode ficar sem os serviços da Polícia Federal”.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]