O REINO DE PIRIPÁ

O Jornal Grande Bahia (JGB) é um site de notícias com publicações que abrangem as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador, dirigido e editado pelo jornalista e cientista social Carlos Augusto.O Jornal Grande Bahia (JGB) é um site de notícias com publicações que abrangem as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador, dirigido e editado pelo jornalista e cientista social Carlos Augusto.

Nunca tinha ouvido falar de Piripá, como nunca ouvi falar de tantos outros pequenos municípios por este Brasil afora. Basta saber que temos 5.564 municípios em nosso País, sendo 417 apenas na Bahia. Portanto, são muitos os municípios para que possamos conhecê-los, e até saber que existem. Apenas os grandes e ricos municípios, ou aqueles que se destacam de alguma forma são conhecidos e lembrados. Dessa forma, nunca mais esqueceremos de Piripá, mesmo sendo pequeno e pobre, pelo destaque que ganhou, nestes dias, nas manchetes dos jornais.

O Prefeito e sua família reinavam no pequeno município desfrutando de suas receitas não importando as suas procedências, se do próprio município, do governo estadual ou federal. Encontrando, inclusive, fórmulas para aumentá-las, sem repassá-las à comunidade, deixando o município sem a devida assistência. Porém, Piripá está longe de ser o único, privilegiado, pequeno município, a ser conhecido como destaque pelas falcatruas dos seus governantes.

Aqui mesmo, na Bahia, temos um caso estranhíssimo de pequeno município, São Francisco do Conde, riquíssimo pelo repasse de impostos, além do recebimento de royaltes do petróleo, onde entra ano, sai ano, entra prefeito, sai prefeito, as denúncias de corrupção, desvio de verbas municipais e outras tantas falcatruas são manchetes de jornais todo o tempo, e que, entretanto, nunca ouvimos falar de qualquer punição, a qualquer prefeito que seja, pelos desmandos e desvios de dinheiro público, de forma, que continuará sendo São Francisco do Conde o município com a maior renda ‘per capita’ do nosso País, assaltado por alguns políticos inescrupulosos, que o tornam famoso, também, por ser o maior bolsão de miséria do País.

Haveria de ser o instituto da municipalidade a forma mais sensata de descentralização da administração pública, pela capacidade de gerir e administrar os serviços e bens públicos, e de levar aos mais longínquos lugares deste nosso País a ordem e o progresso ao nosso povo. Ocorre que a administração política tem saído muito cara para o nosso País. Afinal, são 5.564 prefeitos, com todo o seu secretariado, e mais, aproximadamente, 60.300 vereadores, com suas câmaras abarrotadas de assessores, e alguns bilhões de reais para custeá-los. Assim, vamos começar a pensar em punir os bandidos, enquanto há tempo.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]