Movimento nos portos baianos tem crescimento de 27%

O Jornal Grande Bahia (JGB) é um site de notícias com publicações que abrangem as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador, dirigido e editado pelo jornalista e cientista social Carlos Augusto.O Jornal Grande Bahia (JGB) é um site de notícias com publicações que abrangem as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador, dirigido e editado pelo jornalista e cientista social Carlos Augusto.

Os portos de Salvador, Aratu e Ilhéus, administrados pela Companhia das Docas do Estado da Bahia, fecharam o primeiro trimestre de 2007 com movimentação de cargas acima das previsões iniciais, totalizando 2 milhões 372 mil toneladas, crescimento de 27,2% em relação ao mesmo período do ano passado, quando totalizaram 1 milhão 865 mil toneladas. “O resultado é positivo em todas as unidades portuárias, o porto de Salvador alcançou 686 mil toneladas; Aratu 1 milhão 492 mil toneladas; e Ilhéus 194 mil toneladas”, destaca o diretor presidente da Codeba, Newton Dias Ferreira.
Com a perspectiva da crescente demanda de movimentação de cargas, a Codeba vem priorizando investimentos na expansão de sua infra-estrutura de atendimento a navios e movimentação de mercadorias, com investimentos direcionados para mais berços de atracação, com maiores profundidades e mais áreas de retaguarda.

Foram iniciados no Porto de Salvador, a obra de contenção e aprofundamento dos trechos alargados do Cais Comercial, os estudos e projetos para a ampliação em 500m do Cais da Ponta Norte visando a criação de mais dois berços com profundidade de 15 metros e mais 100.000 m² de área de aterro para implantação de um novo terminal de contêineres. Aliada a essas ações, foi realizada dragagem de manutenção e aguarda-se licença ambiental para dragagem de aprofundamento para 12 metros na bacia de manobra ligada aos berços onde está sendo feita a contenção.

Ilhéus 

No Porto de Aratu, os estudos estão voltados para a construção de um novo píer de granéis sólidos, um de granéis líquidos, e o aprofundamento para 17 metros dos acessos e berços dos terminais sólidos. Para Ilhéus, onde foi concluído o enrocamento que permitiu o aumento da retroárea, está contratado o projeto de contenção e aprofundamento do calado para 14 metros, o que permitirá o recebimento de atracação de navios de maiores portes.“Além de estabelecer um cronograma de ações que darão maior competitividade à Codeba, estamos trabalhando na captação de novas cargas que poderão elevar a movimentação nos portos baianos em mais de 50 por cento, chegando à 15 milhões de toneladas em 2010”, afirma o presidente Newton Dias.

Com os investimentos na melhoria do sistema de gestão e as obras de modernização, os números alcançados em 2006 são bastante expressivos: em termos comercias, passaram nos portos mercadorias com valor equivalente a 9,5 bilhões de dólares, sendo 5,6 bilhões em exportações e 3,9 bilhões para os produtos importados. Em comparação a 2005, isso representa, em porcentagem, um crescimento de 21 %. A movimentação de cargas foi de 8 milhões 965 mil toneladas, sendo 2,8 milhões de toneladas em Salvador, 5,4 milhões em Aratu e 774 mil toneladas em Ilhéus.

Pac

“Vale ressaltar o excelente desempenho dos contêineres no Porto de Salvador totalizando 225 mil TEUs (unidade equivalente a contêiner de 20 pés), representando um crescimento de 8,0% em relação a 2005, marcando não só um novo recorde anual, como também a manutenção da liderança do Porto de Salvador entre os terminais portuários do Norte/Nordeste neste tipo de carga”, afirmou Newton Dias. “Os portos baianos estão se consolidando como um importante instrumento de apoio à economia baiana- ressalta Newton- , adequando-se às necessidades regionais e buscando atender as demandas de uma região que dará um grande salto de desenvolvimento com a implantação, pelo Governo Federal, do Plano de Aceleração do Crescimento”.

O PAC contempla investimentos no sistema portuário, responsável por cerca de 95 % da importação e exportação de cargas no Brasil. “Estamos preparados para inserir a Bahia nesse contexto de expansão econômica, que irá contribuir para gerar empregos, impulsionar negócios e melhorar a qualidade de vida da população”, finaliza Newton Dias.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]