Ligações por minuto ficará mais cara

O Jornal Grande Bahia (JGB) é um site de notícias com publicações que abrangem as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador, dirigido e editado pelo jornalista e cientista social Carlos Augusto.O Jornal Grande Bahia (JGB) é um site de notícias com publicações que abrangem as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador, dirigido e editado pelo jornalista e cientista social Carlos Augusto.

A partir do mês de julho, as ligações telefônicas locais passarão a ser registradas e cobradas por minutos e não mais pulsos, com vem sendo atualmente em todo o país. Experiências já adotadas em São Paulo, Rio de Janeiro e Distrito Federal, sinalizam que no caso do plano básico, apenas as chamadas de até um minuto ficarão mais baratas que as atuais. Todas as demais terão reajustes que podem chegar até 132%. Para quem quiser economizar, deverá passar a utilizar o telefone só para recados curtos.

As operadoras têm a obrigação de oferecer dois, no mínino, planos de minutos. O Plano básico, que tem franquia de 200 minutos, e o alternativo (conhecido pela sigla Pasoo), cuja franquia é de 400 minutos é indicado para quem faz chamadas longas (acima de três minutos por ligação) e usa o telefone para se conectar a internet pela linha discada. O valor da assinatura dos dois planos será o mesmo. A conta terá o detalhamento da duração e do custo de cada ligação local.

A conversão do sistema de cobrança em pulsos por minutos nas ligações locais entrará em vigor no Brasil, com um ano de atraso. O adiamento ocorreu pela forma der cobrança adotada na ocasião, sem um plano alternativo, pela qual o custo aumentaria muito para quem faz ligações de longa duração, especialmente no acesso discado a internet.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]