Salvador: Olodum promove o FestQuilombo 2019 no Pelourinho

Grupo Olodum.

Grupo Olodum.

Lucas Dantas de Amorim Torres, Luís Gonzaga das Virgens e Veiga, Manoel Faustino Santos Lira e João de Deus do Nascimento são os nomes dos heróis da à Revolta dos Búzios, ocorrida em 1798. Para recordar a importância do 12 de agosto de 2019 daquele ano, dos heróis negros do Brasil, o Olodum realiza nesta sexta-feira, dia 8, a partir das 19 horas, a edição 2019 do FestQuilombo, uma caminhada musical que celebra os mártires da revolta.

A caminhada no Pelourinho começa na Escola Olodum na Rua das Laranjeiras número 30 e segue até a frente da Casa do Olodum. Ao chegar ao final do trajeto, os cantores da banda farão show das janelas do antigo casarão. O FestQuilombo é composto por uma série de atividades desenvolvidas pelo Bloco Olodum desde 1984.

A escolha do mês de novembro busca preservar e difundir as culturas e as raízes africanas, estimulando a mobilização da sociedade, potencializando as discussões sobre as raízes dos negros, e também refletindo sobre as políticas de ações afirmativas na busca por justiça e igualdade.

No dia serão relembradas as histórias dos jovens negros que lutaram pela Bahia livre e um Brasil soberano, homens e mulheres que mesmo diante da opressão, colocaram suas vidas em prol de um ideal de liberdade. “Homenagear estes líderes será a forma do Bloco Olodum resgatar esta história que nos serve de inspiração e que nos incentiva de várias formas a continuarmos na luta por direitos iguais e uma sociedade mais justa”, afirma João Jorge, Presidente da instituição.

História

Os nomes dos líderes da Revolta dos Búzios foram inscritos no Livro de Aço dos Heróis Nacionais em 4 de março de 2011, depois da sanção da Lei 12.391 pela presidenta Dilma Rousseff, mais de 200 anos após suas mortes. Os revolucionários influenciaram fortemente os ideais libertários dos brasileiros em uma época em que os direitos contrastavam com a precária condição de vida do povo negro. O movimento surgiu das discussões promovidas pela Academia dos Renascidos e foi apoiada pelas mais diversas classes sociais, tornando-se um dos primeiros movimentos populares da história do país. A ideia era emancipar a colônia e a abolição da escravidão na busca por uma república democrática.

Olodum

O grupo surgiu de uma brincadeira carnavalesca em 25 de abril de 1979. O grupo ganhou sonoridades diferentes, transformou a musicalidade africana calcada na percussão e originou novos ritmos, como o Ijexá, Samba, Alujá, Reggae, Forró e se transformou numa expressão viva do samba-reggae, ritmo idealizado por Neguinho do Samba. O Olodum conquistou o mercado musical e se transformou numa das bandas percussivas de maior sucesso no Brasil e até internacionalmente.

A banda já percorreu países como França, Estados Unidos, Bélgica, Holanda, Alemanha, Itália, Suíça, Escócia, Noruega, Dinamarca, Inglaterra, Argentina, Espanha, Eslovênia, Canadá, Japão, Chile, Escócia, Cuba, Angola, Suécia, Senegal, Benin, Portugal, Irlanda, Irlanda do Norte, Turquia, Israel, Finlândia, México, Venezuela, Austrália, Guiana Francesa, Martinica, Coréia, Senegal, Guiana, Ilha da Reunião, Países de Gales, Uruguai, África do Sul e china para completar 40 países.

Já encantou artistas como Michael Jackson, Linton Kesey Johnson, Paul Simon, Julian Marley, Alpha Blondy, Ziggy Marley, The Platters, Gal Costa, Caetano Veloso, Xuxa, Ivete, Cidade Negra, Caetano, Gil, Tim Maia, Jorge Ben, Elba Ramalho, Daniela Mercury e Carlinhos Brown. Conquistou títulos como de Torcida Oficial da Copa do Mundo e os percussionistas já estiveram em duas aberturas de jogos mundiais.

Agenda

O que: FestQuilombo 2019, Banda Olodum

Quando:  8 de novembro de 2019

Roteiro: Saída da Escola Olodum (Rua das Laranjeiras, 30-Pelourinho) até à Casa do Olodum (Rua Gregório de Matos, 22-Pelourinho)

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]andebahia.com.br