Coluna de Antônio José Larangeira de 7 de novembro de 2019

Nova era

Ao lançar o Programa Nova Era, o prefeito Colbert Martins anunciou, na segunda feira, mais um pacote de investimentos, orçado em R$ 43 milhões. Destes, 25,6 milhões serão investidos em pavimentação de ruas na sede e na zona rural de Feira de Santana. O primeiro foi de R$ 60 milhões.   O alcaide não perdeu a oportunidade, em dizer que o investimento no município estará na pauta, apesar da crise econômica. “Nós estamos em dia com nossos fornecedores, servidores e ainda investindo na cidade. Estamos fazendo o dever de casa com austeridade e economizando cada centavo para investir no Município”, disse Colbert Martins.

Medalha para Piaggio

Em concorrida solenidade no Plenário Cosme de Farias, a Câmara Municipal da Cidade de Salvador promoveu sessão solene para fazer a outorga da Medalha Thomé de Souza ao empresário Edson Piaggio, de acordo Resolução de n.2.851/19 de autoria do vereador Pedro Godinho.

Arte na Avenida

Vem crescendo na avenida Getulio Vargas, a iniciativa “Arte na Avenida”, ensejo em que são colocados ao alcance do público trabalhos de artes visuais e artigos artesanais populares. A frequência tanto de artesãos e vendedores outros está cada dia maior.

Notificação

Até o final do mês de novembro a Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz-Ba) irá notificar 100 mil veículos com placas de finais de 9 e 0 pela falta de pagamento do IPVA 2019. Ou seja, os contribuintes que ainda não quitaram o seu imposto devem regularizar o quanto antes a situação e assim evitar a cobrança de multas e juros que passam a incidir logo após a notificação. Para quitar o IPVA, o contribuinte deve dirigir-se a uma agência ou caixa eletrônico do Banco do Brasil, do Bradesco ou do Bancoob, com o número do Renavam em mãos. A Sefaz-Ba já havia notificado 208 mil automóveis com placas de finais 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7 e 8 pelo atraso do imposto.

Povos indígenas

O Museu Casa do Sertão, instituição Uefs, oferece à comunidade mais um espaço de valorização da diversidade étnico-cultural. Trata-se do Centro de Memória dos Povos Indígenas do Nordeste, inaugurado na terça-feira, que pretende reunir, periodicamente, diferentes manifestações, com suas culturas, realidades territoriais e simbolismos.Nesta primeira etapa, o Centro de Memória realiza a exposição ‘Indígenas do Nordeste: Cultura, Identidade e Resistência’, de autoria da artista visual Hortência Sant’Ana, estudante do curso Licenciatura em História. A mostra apresenta um recorte da cultura de dez etnias de discentes indígenas da Uefs: Atikum, Fulni-ô, Kaimbé, Pankará, Truká, Pankararé, Pankararu, Tumbalalá, Tupinambá de Olivença e Tuxá. A exposição fotográfica tem a curadoria da professora mestre Patrícia Navarro, do Departamento de Ciências Humanas e Filosofia da Uefs, coordenadora do projeto ‘Antropologia dos Povos Indígenas’, desenvolvido em parceira com a Pró-Reitoria de Extensão. A docente é idealizadora do Centro de Memória dos Povos Indígenas do Nordeste.

A Câmara Municipal de Salvador, em sessão solene, outorgou ao empresário Edson Piaggio a Medalha Thomé de Souza, quando este recebeu ao lado da sua esposa Katia e o filho Pedro, do edil Pedro Godinho.

A Câmara Municipal de Salvador, em sessão solene, outorgou ao empresário Edson Piaggio a Medalha Thomé de Souza, quando este recebeu ao lado da sua esposa Katia e o filho Pedro, do edil Pedro Godinho.

Prefeito Colbert Martins, lançou segunda-feira, o Programa Nova Era.

Prefeito Colbert Martins, lançou segunda-feira, o Programa Nova Era.

O secretário de Planejamento Carlos Brito, pedindo orientação de como proceder para obter uma colaboração do grupo Climate Smart Agriculture, do WBCSD para a execução de um projeto em nossa cidade.

O secretário de Planejamento Carlos Brito, pedindo orientação de como proceder para obter uma colaboração do grupo Climate Smart Agriculture, do WBCSD para a execução de um projeto em nossa cidade.

Publicidade

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Antonio José Larangeira
Antonio José Larangeira nasceu em 11 de janeiro de 1945, é natural de Santo Amaro da Purificação (BA), é formado em Administração, pela Faculdade Anísio Teixeira (FAT). Atua como jornalista profissional, com registro nº 514 (SINJORBA/FENAJ) e publica coluna diária nos jornais Grande Bahia, Pátria Latina e Tribuna da Bahia. E-mail: [email protected]