Policial relata participação de grupo de grevistas em ataque a viatura da PMBA ocorrido em Salvador

Coronel Paulo Uzeda, comandante de Operações Policiais Militares (COPPM).

Paulo Uzeda: a Corregedoria está investigando a fundo essa ocorrência, em parceira com a Polícia Civil.

Depoimentos dos policiais militares vítimas de um grupo criminoso que atirou contra uma viatura da 48a CIPM (Sussuarana), no bairro de Tancredo Neves, em Salvador, na noite de quarta-feira (09/11/2019), relatam ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) detalhes sobre a ação ilícita. Declarações dos PMs apontam para a participação de integrantes do movimento que convocou greve.

 Segundo os militares, o modo de atuação dos homens que abordaram a equipe não era característico do habitual enfrentado no dia a dia. No documento, um dos policiais é enfático ao relacionar o ato criminoso ao movimento de greve. A polícia também investiga se o chamado que gerou a saída da equipe policial foi forjado pelo grupo que atentou contra a viatura.

“A Corregedoria está investigando a fundo essa ocorrência, em parceira com a Polícia Civil. Os relatos das vítimas foram fundamentais e agora estamos na busca de câmeras e de outras testemunhas”, informou o subcomandante-geral da PM, coronel Paulo Uzêda.

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]