PF investiga executivos da Techint por suspeita de participação em cartel de empreiteiras na Petrobras; Operação Tango & Cash é a 67ª fase do Caso Lava Jato

Segundo a PF, o nome da operação, Tango & Cash, é uma referência aos valores de pagamento das propinas e ao fato de que a empresa envolvida na investigação pertencer a um grupo ítalo-argentino.

Segundo a PF, o nome da operação, Tango & Cash, é uma referência aos valores de pagamento das propinas e ao fato de que a empresa envolvida na investigação pertencer a um grupo ítalo-argentino.

A Polícia Federal saiu às ruas na manhã desta quarta-feira para cumprir 23 mandados de busca e apreensão em uma nova fase da operação Lava Jato, desta vez para investigar executivos da italiana Techint por suspeita de participação no cartel de empreiteiras formado para fraudar licitações da Petrobras, informaram a PF e o Ministério Público Federal (MPF).

De acordo com o MPF, a Techint pagou propinas milionárias, diretamente e por meio de suas subsidiárias brasileiras Techint Engenharia e Construção e Confab Industrial, a funcionários de alto escalão de três diferentes diretorias da Petrobras em troca de conseguir contratos com a estatal.

Somente três contratos da Petrobras com consórcios formados pela Techint somaram mais de 3,3 bilhões de reais, disse o MPF. Separadamente, a PF disse que as investigações aponta pagamento de até 60 milhões de reais em propina pela Techint em contratos com a Petrobras.

A pedido da Lava Jato, a Justiça Federal do Paraná decretou o bloqueio de ativos financeiros de investigados no valor aproximado de 1,7 bilhão de reais, disseram a PF e o MPF.

Denominação

Segundo a PF, o nome da operação, Tango & Cash, é uma referência aos valores de pagamento das propinas e ao fato de que a empresa envolvida na investigação pertencer a um grupo ítalo-argentino.

*Por Pedro Fonseca, da Agência Reuters.

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]