Maratona de dança e ginástica marcam Semana do Idoso, em Feira de Santana

Comemorações pelo Dia do Idoso, em Feira de Santana.

Comemorações pelo Dia do Idoso, em Feira de Santana.

Uma maratona de muita dança e ginástica marcam a XVII Semana Municipal do Idoso em Feira de Santana, no período de 1° a 4 de outubro de 2019. O evento, promovido com apoio do Governo do prefeito Colbert Martins Filho, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (SEDESO) e do Conselho Municipal da Pessoa Idosa, int gra pessoas de diversas entidades voltadas para a promoção do bem-estar de quem está na terceira idade.

O evento foi aberto nesta terça-feira, 1º, e prossegue nesta quarta, 2, com uma programação intensa e tendo como endereço o Parque da Lagoa Erivaldo Cerqueira, das 8h30 às 11h30. Na programação alongamento da Academia da Saúde, samba-de-roda do Centro de Convivência Dona Zazinha Cerqueira, vir ao do Centro de Convivência Isa e Almerinda, a ACATI com apresentação do “Sou nordestino e tenho orgulho de ser”, apresentação do Grupo Revelação do Conjunto Milton Gomes, samba-de-roda da UATI e apresentação de zumba de educador físico do NASF.

E na quinta-feira, 03, das 8h30 às 11h30, às comemorações serão no Parque da Cidade Frei José Monteiro Sobrinho. Por lá serão realizadas atividades físicas e apresentação de zumba com educador físico do NASF, samba-de-roda com alunos da UATI, piquenique e samba-de-roda com alunos do Centro de Convivência Para Idosos Dona Zazinha Cerqueira, e apresentação da Garota de Ipanema do ACATI.

As atividades serão encerradas na sexta-feira, 04, com uma tarde dançante no Centro SESC, à rua Guaratatuba, 345, Tomba. Das 14h às 16h30, apresentação de dança de salão do grupo de idosos do SESC.

Dança é arma contra depressão para idosos

Dançar, sem dúvidas, é a melhor arma para prevenir ou combater a depressão que atinge cada vez com mais frequência os idosos. E é também um excelente mecanismo de reintegração da pessoa na terceira idade ao convívio social, promovendo a autoestima através de um envelhecimento saudável e com dignidade.

A análise é da coordenadora do Centro de Convivência para Idosos Dona Zazinha Cerqueira, Tilda Brasileiro, ao observar o resgate da autoestima dos idosos que frequentam o equipamento da Prefeitura, mantido através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social. O equipamento funciona em instalações própria, à rua Itacarambi, s/n, transversal da rua Macário Cerqueira, vizinho ao Centro de Cultura Maestro Miro, no bairro Muchila.

O índice de idosos com depressão dentre um universo de 1.200 cadastrados e 980 que frequentam assiduamente o Dona Zazinha, conforme Tilda Brasileiro, é relativamente alto. “Muitos quando procuram o Dona Zazinha estão com sinais de depressão, mas tão logo se integram as atividades de convívio social, principalmente a dança, elevam a autoestima e superam a depressão”, observou.

Tanto faz bem que a dança está presente nas atividades que marcam as comemorações pela Semana Municipal do Idoso em Feira de Santana, de 1º a 4 deste mês, em atividades itinerantes realizadas em diversas localidades da cidade.

Os efeitos positivos da dança, assim como de outras atividades recreativas que reintegram o idoso à sociedade, também são observados de forma satisfatória pela presidente do Conselho Municipal do Idoso, Cassilda Miranda.

Ao observar a integração de idosos de diversas entidades participando das atividades, como dança e ginástica, promovidas no estacionamento da Prefeitura, na manhã desta terça-feira, 01, Cassilda Miranda destacou os efeitos positivos. “A população está envelhecendo e a população feirense deve cobrar cada vez mais ações governamentais que promovam qualidade de vida das pessoas na terceira idade”.

Alegria é caminho para envelhecimento saudável

Dançar, passear, brincar, conversar, praticar atividades físicas, relacionar-se socialmente. Participar. Ser ativo, na velhice, é buscar qualidade de vida. Centenas de idosos feirenses, de vários grupos, animadamente participaram da abertura da XVII Semana do Idoso, na manhã desta terça-feira, 8. O tema é: “Caminho para envelhecimento saudável”.

O evento, que tem o apoio da Prefeitura de Feira de Santana, por meio de várias secretarias municipais, entre elas a de Desenvolvimento Social, foi realizado no estacionamento da prefeitura. Os idosos dançaram muito samba de roda, assistiram apresentações de corais, entre outras atividades.

Conforme a presidente do Conselho do Idoso, Cacilda Miranda, para que os idosos vivam plenamente esta fase das suas vidas, devem esquecer os problemas, saber compartilhar os momentos e saber que estão passando por um período de tempo diferente. “Temos que passar o tempo com alegria no coração. Esta é a fase mais linda da vida”.

Destacou serem importantes as políticas públicas elaboradas pelo município para este setor, que viabilizam o caminho para que os cidadãos tenham um envelhecimento saudável. A alegria e disposição também contam. E muito.

Para Tilda Brasileiro, que coordena o Centro de Convivência para Idosos Dona Zazinha, as comemorações oficiais pela dia do idosos acontecem nesta segunda-feira. “Mas, como se sabe, todos os dias são dos idosos”.

Aos 65 anos, dona Neuza Souza diz estar se preparando há alguns anos para ter uma velhice saudável. “Estar em contato com amigas, participar de eventos são atividades que faço”.

No coral da Unimed há 20 anos, dona Judite Conceição, 79, afirma que passa pela melhor fase da sua vida. “Feliz por chegar a essa idade e estou com disposição e confiança que irei mais longe”.

Grupo de idosos homenageia Michael Jackson com Thriller

O cantor Michael Jackson foi homenageado pela Associação Cultural e Artística Aberta à Terceira Idade (ACATI), no evento de abertura da XVII Semana do idoso de Feira de Santana, nesta terça-feira, 1º, quando é comemorado o Dia Internacional do Idoso.

Mais de 40 pessoas – cerca de 90% mulheres, dançaram sob o som de “Thriller”, uma das músicas e coreografias mais conhecidas do cantor morto há dez anos. O grupo, segundo o professor de dança Jorge Neves, assimilou os passos em três meses.

“Foi uma homenagem a Michael Jackson, que neste ano completaria 60 anos e podia ser considerado um idoso, de acordo com a lei brasileira”. A apresentação da performance foi seguida de aplausos intensos.

Com 90 anos, o aposentado Carlos Moreira, disse que se alegrou ao imitar o cantor norte americano. “Foi uma apresentação bonita e que tive o prazer de participar dela”. Ele ainda afirmou que dança há décadas. “Não há nada melhor”.

O grupo ainda vai fazer três apresentações nesta semana, dentro destas comemorações.

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]