Em quatro anos, Governo Rui Costa garantiu a promoção de 18,5 mil policiais militares

Governador Rui Costa destinou diversos investimentos à Polícia Militar da Bahia, a exemplo da capacitação pessoal, avaliação médica, melhoria dos equipamentos e cursos de prevenção ao suicídio.

Governador Rui Costa destinou diversos investimentos à Polícia Militar da Bahia, a exemplo da capacitação pessoal, avaliação médica, melhoria dos equipamentos e cursos de prevenção ao suicídio.

O reconhecimento e a valorização dos policiais militares têm sido uma das premissas do Governo do Estado na busca pelo fortalecimento da segurança pública na Bahia. Desde 2015, 18,5 mil promoções já foram realizadas. No período, segundo o Comando Geral da Polícia Militar da Bahia (PMBA), mais de 3 mil capacitações de policiais também ocorreram a cada ano.

Além disso, a instituição alinhou todos os procedimentos da tropa para que os policiais da capital e interior do estado possam executar suas atividades de forma padronizada. De acordo com o comandante-geral da PM, coronel Anselmo Brandão, o recrutamento de novos policiais já permitiu o ingresso de 5 mil homens e mulheres na corporação nos últimos anos e dois novos concursos estão em andamento.

“Fechamos agora o curso de formação de oficiais e, em breve, o de formação de soldados com mais duas mil vagas. Temos ainda os concursos internos, como o de formação de sargento, que há oito anos não era realizado, e o curso de formação de oficial da administração, que foi reaberto e estamos na terceira turma. Esse balanço na parte de valorização profissional é muito importante para a corporação saber que estamos atentos às suas demandas”, explica o comandante.

Cuidado com a tropa

O coronel também pontua que o trabalho é constante para que os pleitos sejam atendidos respeitando os limites da administração pública e disponibilidade de recursos. “Para além das questões de formação, capacitação e treinamento, nós temos um pleito maior que se refere ao cuidado da nossa tropa. Nós temos programas que vão desde a prevenção às doenças, e que nos últimos quatro anos todos os policiais foram avaliados, a ações de prevenção ao suicídio e ao stress. Estamos atingindo a marca de 3 mil policiais capacitados para lidar melhor com os conflitos e suas tensões”, acrescenta Anselmo Brandão.

Há ainda, lembra o comandante, “programas que envolvem a educação financeira e proteção familiar, indo além da atividade específica do policial militar e ajudando nossa tropa em suas questões do dia a dia no ambiente familiar”.

Referência

Durante solenidade de formação de 297 sargentos da PM, no início do mês de setembro deste ano, o governador Rui Costa, mais uma vez, destacou o compromisso da gestão com os policiais militares e a segurança pública no estado. “Nos últimos cinco anos, fizemos o que, na história dessa corporação, nunca foi feito. São 18 mil promoções e 5 mil novas contratações. Tudo isso num período de absoluta adversidade no país”.

Na ocasião, Rui ressaltou que “a PM baiana é referência em disciplina e formação, e procuramos oferecer condições dignas de trabalho, com a valorização e promoção de carreira, na capital e em todo o interior. Estamos entre os três estados brasileiros que oferecem melhores condições a seus policiais”.

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]