Bancada de deputados do Nordeste cobra aumento das operações da Caixa Econômica na região

Governo Bolsonaro orienta boicote de investimento ao Nordeste. Deputados pediram mais recursos para obras na região e quanto notícias veiculadas mostram que as operações da Caixa apenas 2,2% do total.

Governo Bolsonaro orienta boicote de investimento ao Nordeste. Deputados pediram mais recursos para obras na região e quanto notícias veiculadas mostram que as operações da Caixa apenas 2,2% do total.

Deputados pediram mais recursos para obras no Nordeste. Notícias veiculadas mostram que as operações da Caixa na região atingiram apenas 2,2% do total
Em reunião nesta quarta-feira (16/10/2019) com o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, deputados da bancada do Nordeste na Câmara cobraram um aumento das operações de crédito da instituição na região. O coordenador da bancada, deputado Júlio Cesar (PSD-PI), lembrou que em agosto notícia veiculada pela imprensa mostrou que as operações da Caixa com estados e municípios atingiam apenas 2,2% do total:

“Houve um protesto generalizado, uma revolta aqui da bancada. O presidente refez os números, liberou projetos que já estavam no ponto e chamou reunião com a diretoria. E aí mostrou números, crescendo oito pontos percentuais. Ele hoje traz aplicação até junho, aqueles dados eram do começo do ano”, disse Júlio César.

Pedro Guimarães explicou que o total para o Nordeste hoje está em torno de 11% e que os números se referem apenas a obras de infraestrutura. Para elevar ainda mais o percentual, ele contou que a Caixa vem fazendo visitas aos municípios nordestinos para treinar as prefeituras sobre as exigências de contratação.

Crédito rural

O presidente da Caixa disse ainda que a instituição pretende elevar de R$ 4 bilhões para R$ 30 bilhões até 2022 a sua participação no crédito rural e que um dos focos é a região Nordeste:

“O crédito agrícola nunca foi o foco da Caixa. E muito menos no Nordeste. O Nordeste não era nem 2% do crédito agrícola da Caixa, que já era baixo. Isso acabou. Vamos ter crédito agrícola. Em especial porque a região Nordeste, como a Norte, tem várias áreas importantes de desenvolvimento social e econômico. Então teremos dois grandes grupos de foco no crédito agrícola. Aquele que é de longo prazo para silos e beneficiamento. E o social”, disse.

Pedro Guimarães informou que uma portaria lançada este mês pelo governo vai permitir a redução dos custos de contratação para os prefeitos porque a fiscalização de obras foi simplificada, possibilitando a redução de taxas de administração.

Festas juninas

Outra iniciativa citada por Guimarães foi a abertura de três novas superintendências da Caixa no Nordeste – Pernambuco, Paraíba e Maranhão – a partir da desativação de duas outras em São Paulo e uma em Minas Gerais. Também anunciou que a Caixa vai patrocinar festas juninas nordestinas.

O deputado Júlio Cesar elogiou a redução das taxas de juros dos empréstimos pessoais que vem sendo praticada pela Caixa, mas pediu redução também das tarifas bancárias.

*Com informações da Agência Câmara.

Publicidade

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]