Vereador elogia Eremita Mota e volta a criticar a saúde pública de Feira de Santana

Roberto Tourinho: ouvi atentamente os colegas que me antecederam falando da saúde de Feira. Eu quero que melhore porque é um caos total.

Roberto Tourinho: ouvi atentamente os colegas que me antecederam falando da saúde de Feira. Eu quero que melhore porque é um caos total.

No uso da tribuna, na sessão ordinária desta terça-feira (10/09/2019), na Câmara Municipal de Feira de Santana, o vereador Roberto Tourinho (PV) repercutiu o discurso da colega Eremita Mota (PSDB), em relação às supostas críticas feitas a ela por João dos Santos (João Bililiu, Cidadania) e voltou a criticar a saúde ofertada em Feira de Santana.

“Eremita já falou tudo que eu gostaria de dizer. Convivo com Vossa Excelência e sua posição incomoda alguns, porque não precisa do Governo para se eleger; tem trabalho construído ao longo dos anos. O que posso dizer é que siga em frente, continue com seu trabalho. Quando ela me cede o tempo, vão correndo falar com o prefeito. Quando ela me aparteia, correm para contar ao prefeito. Por esse motivo, continue tendo coragem de dizer o que agrada ou não agrada. Não está aqui porque os colegas querem e sim porque os eleitores lhe elegeram”, pontuou Tourinho.

E continuou. “Ouvi atentamente os colegas que me antecederam falando da saúde de Feira. Eu quero que melhore porque é um caos total. Muitos dos discursos feitos, principalmente contra o Estado, são porque muitos vereadores perderam o espaço político que tinham dentro do HGCA. Eu faço discurso porque nunca fiz cartão para ninguém dentro do HGCA. As duas vezes que lá fui conversar com o diretor, fui acompanhando a Comissão de Saúde desta Casa”, disse.

Segundo o vereador, apesar do caos da saúde, considera o HGCA um grande patrimônio da cidade. “Não faço bilhetes, não ando em gabinete de diretor de hospital fazendo pedido, então tenho autoridade para falar. Fazem discursos contra o HGCA. A saúde de Feira não é boa nem a prestada pelo Município nem a prestada pelo Estado, mas temos que ter cuidado porque se perderam os espaços políticos. Se elegiam dentro do HGCA, hoje não têm mais o espaço e fazem esse discurso. Eu considero o HGCA um dos grandes patrimônios da cidade, precisa melhorar muito, mas, ainda é um local acessível ao povo pobre da cidade. Todos sabem da importância do HGCA”, avaliou.

Em aparte, o edil Isaías dos Santos (PDT) voltou a tratar sobre a vereadora Eremita Mota. “ Vossa Excelência disse que alguns vereadores são lagartixas, mas acho que o respeito recíproco dos edis precisa ser mantido. Quando fala que Eremita esteve até o final com Tarcízio, temos que lembrar que foi no mandato de José Ronaldo que Vossa Excelência atuou como secretário e garantiu a estabilidade”, disse.

Em resposta, Tourinho que a estabilidade é direito do servidor municipal. “Poderia revelar tudo que disse, mas, vou responder pela ignorância que tem: estabilidade não é favor, é direito do servidor Municipal. Todos que ocupam cargo de confiança têm direito a estabilidade econômica. Quero lhe dar uma sugestão: Vossa Excelência e todos os que são contra a estabilidade deveriam apresentar uma alteração na Lei, propondo acabar com a estabilidade. Um dos vereadores disse que Ronaldo me deu. Vai lá e pede uma para Vossa Excelência também. Fala isso Isaías, diga que é amigo. Pegue o estatuto e veja quem é o servidor Municipal que tem direito”, sugeriu.

Para finalizar, Tourinho afirmou que a forma como Eremita se porta na Câmara gera incômodo. “ Sua forma de agir, sua postura incomoda. Costumo dizer que não fui eleito para agradar vereador, e sim, para cumprir mandato e já tenho sete mandatos nesta Casa. Eu declino da avaliação do meu mandato pelos edis, quem avalia é o povo. Desejo sucesso a todos que aqui tentarão a reeleição”. Findou.

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]