Reitor Evandro do Nascimento palestra para Maçonaria de Feira de Santana e convidados sobre o tema ‘O trinômio da Revolução Francesa, os princípios maçônicos e o desafio contemporâneo por um desenvolvimento humanista em correlação com a natureza’

Convite da palestra proferida pelo professor Dr. Evandro do Nascimento, reitor da UEFS, sobre o tema ‘O trinômio da Revolução Francesa, os princípios maçônicos e o desafio contemporâneo por um desenvolvimento humanista em correlação com a natureza’.

Convite da palestra proferida pelo professor Dr. Evandro do Nascimento, reitor da UEFS, sobre o tema ‘O trinômio da Revolução Francesa, os princípios maçônicos e o desafio contemporâneo por um desenvolvimento humanista em correlação com a natureza’.

O professor Dr. Evandro do Nascimento Silva, reitor da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), palestra para Maçonaria e convidados sobre o tema ‘O trinômio da Revolução Francesa, os princípios maçônicos e o desafio contemporâneo por um desenvolvimento humanista em correlação com a natureza’. A atividade ocorre às 19:45 horas, desta terça-feira (10/09/2019), no Complexo Maçônico de Feira de Santana, situado à Rua Nacional, Nº 229, Bairro Parque Ipê, em Feira de Santana.

O evento é promovido pela Augusta e Respeitável Loja Simbólica (A∴R∴L∴S∴) Cavaleiros de York, através do venerável mestre Adilson Alves de Oliveira, em conjunto com as Lojas Deus, Liberdade e Justiça, venerável Gonçalo de Oliveira Bastos; Luz do Sertão, venerável Halailton Soares Santana; Sabedoria, Luz e União, venerável Luciano Portugal; e Voltaire, venerável Marcelo Grassi Corrêa.

Organizador da atividade, Me. Carlos Augusto, 2º Vigilante da Cavaleiros de York, jornalista e cientista social, destaca que a iniciativa da palestra foi motivada em decorrência do grave momento pelo qual passa o Brasil, onde direitos fundamentais, como liberdade de expressão, educação plena e gratuita e o pensamento científico estão sob ataque, ao mesmo tempo em que ocorrem violações ao meio ambiente e aos direitos trabalhistas, em associação a episódios de autoritarismo e corrupção.

“Promover o diálogo entre o conhecimento acadêmico, irmandade maçônica e os membros da comunidade, relembrando que dentre os compromissos fundamentais da Ordem Maçônica estão o respeito à democracia, liberdade, igualdade e fraternidade e que esses conceitos devem guiar os seres humanos a alcançar elevados princípios de desenvolvimento é um compromisso que necessita ser revisto e reafirmado neste tenebroso momento no qual atravessa o país”, diz Carlos Augusto.

Perfil do palestrante

Dr. Evandro do Nascimento Silva foi reeleito, em 2019, reitor da UEFS. Ele ocupa a função desde 15 de maio de 2015 e ingressou como professor da instituição em 1998. O pesquisador possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Federal da Paraíba (1995), mestrado em Ciências Biológicas (Zoologia) pela Universidade Federal da Paraíba (1997) e doutorado em Recursos Naturais e Meio Ambiente pela University of Michigan (2007). Ele tem experiência na área de Ecologia, com ênfase em Agroecologia, Interações predador-presa, modelagem de sistemas complexos e estudos sobre biodiversidade na Mata Atlântica com ênfase em formigas. Ele é também, editor-associado do periódico Sociobiology.

Em 20 de fevereiro de 2019, ao receber o Título de Cidadão Feirense outorgado pela Câmara Municipal de Feira de Santana, Evandro do Nascimento relembrou, aos 48 anos de idade, a origem humilde na zona rural do Município de Conde, no Estado da Paraíba.

Ele disse guardar na memória a infância feliz, mesmo tendo que trabalhar aos 13 anos. “Trabalhei em padaria, fui torneiro mecânico, entregador de quentinhas, auxiliar de marcenaria, vendedor de assinaturas de revistas e jornais, e tudo isso me ensinou desde cedo que trabalhar, em qualquer trabalho, é dignificante e enobrecedor”, afirmou.

Em 10 de setembro de 2018, ao proferir a sessão solene de abertura da Aula Magna do Semestre Letivo da UEFS, o reitor Evandro do Nascimento afirmou a resistência da universidade neste momento crítico de conservadorismo que afeta a sociedade e que promover questionamentos, sobretudo, a partir de temas novos, críticos, que rompem com a tentativa de controle ideológico, de controle político, de controle até pelas vias judiciais das universidades é um dever dos que atuam como pensadores.

É sobre esse momento de ataques, também, ao pensamento escolástico proferidos pela expressão vulgar de ideias que Evandro do Nascimento pretende iluminar os presentes através da conferência, com a sabedoria construída através da academia e amadurecida pelos anos de dialética.

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]