Vereador aborda falecimento do ex-presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana, estradas e segurança

João dos Santos (João Bililiu): as chuvas estiaram, está na hora das máquinas trabalharem. No final de linha da Lagoa Salgada está intransitável.

João dos Santos (João Bililiu): as chuvas estiaram, está na hora das máquinas trabalharem. No final de linha da Lagoa Salgada está intransitável.

No uso da tribuna, na sessão ordinária desta segunda-feira (12/08/2019), na Câmara Municipal de Feira de Santana, o vereador João dos Santos recordou o falecimento do ex-presidente da Casa, Reinaldo Miranda; lamentou a não participação do Fluminense de Feira na Copa Bahia, lamentou a situação das estradas da zona rural e a segurança do Município.

“No último sábado, fez exatamente dois anos que esta Casa perdeu o vereador Reinaldo Miranda, o Ronny. O qual, em vida, tinha minha grande admiração pelo trabalho e socorro que dava aos vereadores, independentemente de partido. Descanse em paz meu amigo Ronny. Meus sentimentos à família”, disse.

Fluminense de Feira de Santana

Ainda no uso da tribuna, Bililiu afirmou que, mais uma vez, a direção do Fluminense de Feira deu um tiro no pé em não participar da Copa Bahia. “Assim, ficou sem agenda para 2020. A direção do clube foi infeliz em não o inscrever no campeonato. Isso prejudicou a equipe e a torcida, provavelmente ganharia. Parabéns ao Bahia pelo jogo e ao Vitória também”, pontuou.

Estrada

Continuando na tribuna, Bililiu lembrou que as estradas estão no caos. “E, se as chuvas estiaram, está na hora das máquinas trabalharem. No final de linha da Lagoa Salgada está intransitável. Está na hora da secretaria colocar as máquinas nas estradas. Como estão, não tem quem aguente circular nelas. Se tem alguém cansado, paciência, mas a cidade precisa de pessoas trabalhando”, disse.

Em aparte, o líder governista Marcos Lima (Patriota) afirmou que no distrito de Maria Quitéria foi colocado entulhos nas estradas, mas dias depois choveu e ficaram ruins novamente. “Sei que a demanda é grande, mas é preciso esperar mais. A chuva é bem-vinda. Tenho notícias de que está intransitável circular em locais de cidades vizinhas, e aqui graças a Deus estamos conseguindo circular. Com certeza, o Município vai trabalhar; peço apenas paciência às pessoas. Há tempo para tudo”, afirmou.

Também em aparte, o edil Zé Curuca (DEM) parabenizou o colega pelo discurso e afirmou que no Distrito de Humildes a estrada está ruim, mas a chuva é benção. “ Moradores estão felizes porque conseguiram plantar. Lá, já temos a programação feita pelo prefeito e vamos recuperar todas as estradas. Mas, esse período de chuva é difícil melhorar”, disse.

Segurança

Para finalizar, Bililiu pediu mais segurança no Centro de Abastecimento e relatou um assalto ocorrido no local. “Na última quarta-feira, no C.A, um assessor do edil Edvaldo Lima foi assaltado. Isso é um absurdo e não pode acontecer. É um descaso do Governo do Estado. Graças a Deus levou apenas o celular. Mas, está um descaso a segurança pública da nossa cidade. Fica aqui meu repúdio pela insegurança que vive nossa cidade. Precisamos de um contingente maior para levar segurança aos comerciantes do local”, findou.

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]