MPT na Bahia recebe evento da ONU sobre diversidade transexual

MPT na Bahia recebe evento da ONU sobre diversidade transexual.

MPT na Bahia recebe evento da ONU sobre diversidade transexual.

O Ministério Público do Trabalho (MPT) na Bahia vai realizar na próxima quarta-feira (07/08/2019) atividade com a presença de transexuais de Salvador e RMS para marcar o encerramento do Programa de Mentorias da 1ª Trans-Formação de Salvador e região metropolitana.

O programa é idealizado pela Organizado das Nações Unidas (ONU) no Brasil, a partir de campanhas feitas por entidades civis que atuam na defesa dos direitos da população LGBT. O evento terá início às 13:30 hora no plenário do MPT na Bahia, localizado na Avenida Sete de Setembro, 2563, no Corredor da Vitória em Salvador.

A procuradora do trabalho Larissa Lima atua no projeto Trans-Formação como mentora da transsexual Karla Zhand de Jesus, ativista da Casa da Diversidade em Salvador. A mentoria é uma das estratégias do projeto que oferece aos ativistas orientação e suporte para atuarem junto à sociedade na defensa dos direitos da população trans e na promoção da diversidade de gênero.

“A participação do MPT no projeto Trans-Formação visa prevenir e combater qualquer forma de discriminação que envolva orientação sexual e identidade de gênero. É preciso promover a inclusão e a permanência dos transsexuais no mercado de trabalho com respeito e dignidade. Portanto estamos orientando a formação de lideranças e o fortalecendo as redes entre os ativistas transsexuais”, afirma Larissa Lima.

A procuradora Valdirene de Assis também estará presente ao evento, representando a Coordenadoria de Promoção de Igualdade de Oportunidade e Eliminação da Discriminação no Trabalho do MPT (Coordigualdade), braço do MPT que estabeleceu a parceria com a ONU para esta ação.

O projeto ofereceu mentoria para 20 pessoas trans, entre travestis, mulheres e homens trans e pessoas não binárias de Salvador e região metropolitana, para uma formação com duração de cinco meses, tempo em que os participantes aperfeiçoaram suas capacidades e habilidades para o ativismo pela igualdade de direitos e pelo tratamento justo da população LGBTI. Ao longo do programa, foram realizadas oficinas sobre educação, saúde, empregabilidade, mídia, direitos humanos, autocuidado e participação social, acompanhadas em programas de mentoria.

O programa é realizado pela ONU com apoio de Ministério Público do Trabalho (MPT) e do governo da Bahia, em parceria com Associação Baiana de Travestis, Transexuais e Transgêneros em Ação (Atração), Associação Nacional de Travestis e Transexuais (Antra), Coletivo De Transs Para Frente, Instituto Brasileiro de Transmasculinidades (Ibrat) e Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Intersexos (ABGLT).

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]