MPT da Bahia inaugura instalações com sala de audiência, do advogado e auditório na unidade de Salvador

MPT da Bahia inaugura instalações com sala de audiência, do advogado e auditório.

MPT da Bahia inaugura instalações com sala de audiência, do advogado e auditório.

Uma solenidade simples, às 14:30 horas dessa sexta-feira (09/08/2019), marcará a entrega da requalificação da sede do Ministério Público do Trabalho (MPT) em Salvador (Avenida Sete de Setembro, 2.563). O local passou por obras e ganhou novas salas de audiência uma sala do advogado, novo auditório para 153 pessoas, além do gabinete e das assessorias do procurador-chefe, do vice-procurador-chefe e dos coordenadores de primeiro e segundo graus. As novas instalações darão mais conforto às pessoas que frequentam as audiências, eventos e reuniões no órgão, além de garantir mais economia de eletricidade de despesas de manutenção.

“Após a construção do edifício anexo onde foram lotados os gabinetes dos procuradores e suas assessorias diretas, foi necessário modernizar o prédio construído em 1999, na gestão da então procuradora-chefe Virginia Senna, ampliando o número de salas de audiência e reformando o auditório”, afirmou o procurador-chefe do MPT na Bahia, Luís Carneiro. Ele lembra que a requalificação atende ainda a critérios de acessibilidade total e economicidade, além de garantir mais conforto e eficiência para aqueles que participam de atividades no órgão.

A sede do Ministério Público do Trabalho (MPT) na Bahia está localizada no bairro da Vitória, em Salvador, e conta hoje com uma estrutura adequada para as demandas do órgão. Além do prédio dos gabinetes, entregue em 2017, há o prédio que está sendo requalificado. Nele, além do auditório e das salas de audiência e do advogado, ficam todos os setores da administração do MPT no estado. Na entrada do terreno, o casarão em estilo art nouveau hoje está dedicado à cultura e à memória, abriga o Centro Cultural do MPT, a biblioteca do órgão e o Memorial do Trabalhador, espaço para exposições e eventos culturais.

As salas de audiência ganharam mobiliário moderno e funcional, além de isolamento acústico. Serão seis espaços para reuniões entre procuradores e representantes de empregadores e trabalhadores convocadas para instruir os inquéritos. Nelas também serão feitas as mediações que buscam a solução para conflitos trabalhistas. São seis salas, de dimensões diferentes, adequadas para diversos tipos de reuniões e audiências. O MPT também reservou um espaço exclusivo para os advogados, que foi destinada para a Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Bahia (OAB-BA), em parceria com a Associação dos Advogados Trabalhistas da Bahia (Abat).

O novo auditório do MPT será entregue agora, mas já vem recebendo eventos há algumas semanas. Com novos assentos, tratamento acústico e sistema de condicionamento de ar, volta a servir a sociedade do estado para abrigar eventos científicos e institucionais tanto do MPT quanto de outros órgãos e entidades do mundo do trabalho. Desde que ficou pronto após um breve período de reforma, já recebeu palestras e seminários. Em setembro, abrigará o seminário comemorativo dos dez anos da Comissão Estadual de Erradicação ao Trabalho Escravo (Coetrae), com participação de especialistas e autoridades de todo o país.

Dois artistas também contribuíram com as novas instalações, doando obras. O fotógrafo Moisés Dantas e o escultor Gustavo Maciel cederam ao órgão ministerial peças que apresentam a relação do homem com o trabalho com olhares bem diferentes dos que costumam habitar as páginas dos processos judiciais e extrajudiciais. As peças agora compõem o ambiente do gabinete da chefia do MPT. Gustavo Maciel produziu escultura em baixo relevo que traz três lavradores e suas ferramentas. Já o fotógrafo e advogado Moisés Dantas doou três imagens com uma visão poética do cotidiano dos pescadores.

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]