Deputado José de Arimateia pede que Comissão de Saúde da ALBA visite Hospital de Base e Maternidade Ester Gomes em Itabuna

José de Arimateia (Republicanos), deputado estadual.

José de Arimateia (Republicanos), deputado estadual, disse que diversas denúncias chegaram ao seu gabinete de uma quantidade de 130 mortes somente no mês de julho de 2019 no Hospital de Base de Itabuna.

Sempre atento aos assuntos que afetam diretamente a vida da população baiana, o deputado estadual José de Arimateia (Republicanos) se pronunciou com veemência durante a reunião da Comissão de Saúde e Saneamento da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), acerca da situação da Saúde Pública do município de Itabuna. O parlamentar destacou o atual funcionamento do Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães, como também da Maternidade Ester Gomes. A Maternidade, inclusive, já enviou um comunicado à Secretaria Municipal de Saúde anunciando que irá encerrar os atendimentos na próxima quinta-feira (29/08/2019).

O republicano disse que diversas denúncias chegaram ao seu gabinete de uma quantidade de 130 mortes somente no mês de julho de 2019 no Hospital de Base de Itabuna, instituição médica apontada como a maior da região e adjacências. Em seu pronunciamento, o deputado José de Arimateia lembrou que geralmente são cerca de 25 óbitos mensais e quatro anos depois, subiram para 92. Ele sugeriu ao Colegiado que a origem de toda essa situação fosse mais bem averiguada.

“Itabuna vive um momento crítico na Saúde Pública local. Espero uma providência da própria Assembleia Legislativa da Bahia em enviar uma equipe de deputados a Itabuna para uma visita in loco no Hospital de Base de Itabuna e na Maternidade Ester Gomes, ambas situadas no Sul da Bahia”, indicou José de Arimateia, que já entregou um Ofício ao presidente da Comissão de Saúde, Alan Castro (PSD), solicitando as visitas às unidades hospitalares.

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518), Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado da Bahia (SINJORBA), Associação Brasileira de Imprensa (ABI Nacional, Matrícula nº E-002907) e Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).