Salvador: IGHB promove curso sobre ‘História da Bahia’

Cartaz anuncia curso sobre História da Bahia.

Cartaz anuncia curso sobre História da Bahia.

Interessados em conhecer a história da Bahia já podem se inscrever em curso extensivo que será promovido pelo Instituto Geográfico e Histórico da Bahia, em Salvador. As aulas serão realizadas em quatro módulos, entre os meses de agosto a novembro, das 14 às 18 horas, e serão ministradas pelos professores Fabricio Lyrio Santos e Sérgio Guerra Filho (UFRB), Alfredo Eurico Matta e Luiz Alberto Freire (UFBA).

Os especialistas irão abordar temas como “Os povos indígenas: originários do território brasileiro” (26 a 30 de agosto), “A Bahia e o Brasil nas primeiras décadas do século XIX: região, poder e rebeldias” (23 a 27 de setembro), “Compreensão histórica da Economia-Política da Bahia” (28 de outubro a 01 de novembro) e “Baianidades artísticas” (18 a 22 de novembro).

O investimento é de R$ 200 (duzentos reais), com carga horária de 80 (oitenta) horas e direito a certificação. A inscrição pode ser feita diretamente no site www.ighb.org.br

O IGHB é uma das instituições apoiadas pelo programa Ações Continuadas a Instituições Culturais, iniciativa da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA) através do Fundo de Cultura da Bahia (FCBA). Funciona de segunda a sexta, das 13h às 18h e está situado na Piedade (Avenida Joana Angélica, 43).

Módulo I – Povos Indígenas: da colônia à atualidade

Ministrante: Professor Fabricio Lyrio Santos (UFRB)

Período: 26 a 30 de agosto – das 14h às 18h

Resumo: O módulo vai tratar do estudo dos povos originários do atual território da Bahia, evidenciando sua diversidade e protagonismo, com ênfase para os processos de dominação e resistência instaurados pela colonização européia e seus desdobramentos do período colonial à atualidade.

Programa

Os povos originários do território brasileiro: diversidade e ocupação territorial

O choque com os europeus: conquista, colonização e escravização dos povos indígenas

O protagonismo indígena: resistências e adaptações

Os índios e o Estado Nacional: trajetórias e confrontações no pós-Independência

Os índios na atualidade: protagonismo, conquistas e desafios

Módulo II – A Bahia e o Brasil nas primeiras décadas do século XIX: região, poder e rebeldias

Ministrante: Professor Sérgio Guerra Filho (UFRB)

Período: 23 a 27 de setembro – das 14h às 18h

Resumo

O curso abordará um período da História baiana em que esta região se transformou de uma capitania do Império Português em uma província do Império do Brasil. A Bahia passou por intensas transformações durante este período – fins do século XVIII e primeiras décadas do XIX – dentre as quais, elegemos como eixo os movimentos de rebeldia acontecidos neste período para analisarmos a trajetória desta região durante o processo de formação do Estado e da Nação brasileiros.

Programa

História Política, História Social e o estudo das rebeldias; A Bahia: panorama histórico no século XIX;

Crise e conflito: a Bahia chega ao Século XIX; O Movimento de 1798;

A Bahia e a Formação do Estado e da Nação Brasileiros I – a Guerra de Independência;

Revoltas Escravas e a Província; Levante dos Malês;

A Bahia e a Formação do Estado e da Nação Brasileiros II – conflitos antilusitanos e tensões federalistas; “Para onde foi a rebeldia?” – a Bahia pós-Sabinada.

Módulo III – Compreensão histórica da Economia-Política da Bahia

Ministrante: Professor Alfredo Eurico Matta (Ufba)

Período – 28 de outubro a 01 de novembro

Resumo

 O curso tratará de construir uma compreensão político-econômica da História da Bahia. Trataremos de desenvolver coletivamente uma compreensão sobre como, a partir de uma sociedade originalmente composta de povos indígenas, que se somou a presença de colonizadores ibéricos e de escravizados trazidos a força, e outras influências, foi se formando a sociedade colonial senhorial, que se desenvolveu depois, em lutas de classes e de ordens sociais complexas, na direção da atual sociedade hegemonicamente capitalista, com suas relações específicas de racialidade e descriminações, parte de um país dividido em ao menos dois projetos políticos antagônicos, e  em meio ao desenvolvimento de relações intercontinentais presentes desde sempre. Uma discussão histórica da Economia-Política do Estado.

Programa

Fundamentos metodológicos;

Bases para a compreensão da construção econômica e política da Bahia colonial;

A construção das regionalidades Baianas;

O desenvolvimento do Mercado em Salvador e o Final da Escravidão;

As fases da nossas história republicana e o estabelecimento da hegemonia social burguesa na Bahia;

Entendendo projetos contemporâneos de Brasil e sus relações com o contexto brasileiro e mundial

Módulo IV – Baianidades artísticas

Ministrante: Professor Luiz Alberto Freire (Ufba)

Período: 18 a 22 de novembro – das 14h às 18h

Resumo

O módulo será composto por palestras sobre temas variados da arte baiana, pesquisas que geraram comunicações em eventos científicos e que foram publicados em forma de artigos. Neles o tema predominante é a ornamentação das igrejas na Bahia do século XVIII e XIX, incluindo o trabalho de dois importantes artistas da talha e da pintura e um tema inédito acerca do modernismo artístico baiano.

Programa

A ornamentação da Capela de São José do Genipapo em Castro Alves.

O entalhador Vitoriano dos Anjos Figueiroa

A talha de Joaquim Francisco de Mattos Roseira

Os passos da Paixão de Cristo e suas insígnias pintados por José Joaquim da Rocha

O homoerotismo na arte de Carlos Bastos

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]