Partidos de oposição representam contra ministro Sérgio Moro na PGR, por violação do sigilo funcional e ataque a Liberdade de Imprensa

Novas revelações sobre indício de conluio de Sérgio Moro com membros do MPF e tentativa de usar o poder do Estado para cercear liberdade de imprensa, gera irresignação e representação dos partidos políticos.

Novas revelações sobre indício de conluio de Sérgio Moro com membros do MPF e tentativa de usar o poder do Estado para cercear liberdade de imprensa, gera irresignação e representação dos partidos políticos.

Foi protocolada há pouco na Procuradoria-Geral da República representação contra o ministro da Justiça, Sérgio Moro, por possível violação do sigilo da fonte e da liberdade jornalística, garantidas pela Constituição Federal, conforme artigo 5º.

Para os partidos, qualquer tentativa de intimidar jornalistas contraria a Constituição, as leis e os Tratados Internacionais de Direitos Humanos, e de violar o sigilo da fonte constitui um grave atentado aos Direitos Fundamentais.

“É inaceitável qualquer tentativa de intimidação contra jornalistas. Na condição de Ministro, Sergio Moro pode utilizar orientar politicamente, de forma ilegal e inconstitucional, a atuação da Polícia Federal. Por isso é necessário que a investigação seja rápida e eficiente, prevenindo o cometimento de ilicitudes”, argumenta-se na representação.

A ação foi proposta pela bancada do PSOL e assinada também por líderes e vice-líderes PT, PDT, PSB, PCdoB e Rede.

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]