II Festa Literária Internacional de Paiaiá celebra a arte da leitura na zona rural de Nova Soure

Secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, representou o governador Rui Costa no primeiro dia da festa, que tem uma vasta programação, com palestras, contação de histórias, lançamento de livros, entre outras atividades.

Secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, representou o governador Rui Costa no primeiro dia da festa, que tem uma vasta programação, com palestras, contação de histórias, lançamento de livros, entre outras atividades.

O gosto pela arte literária está reunindo estudantes, professores, escritores, agricultores familiares e centenas de pessoas na II Festa Literária Internacional do Paiaiá, realizada no distrito de São José do Paiaiá, em Nova Soure, no Nordeste Baiano. No local, está instalada a Biblioteca Comunitária Maria das Neves Prado (Biblioteca do Paiaiá), fundada em 2001, e que reúne um acervo com mais de 120 mil títulos. O evento, que foi aberto nesta quarta-feira (24/07/2019) e segue até sábado (27), tem o objetivo de fomentar e valorizar a educação e a literatura nas comunidades e nas escolas públicas da região e conta com o apoio do Governo do Estado, por meio da Secretaria da Educação (SEC).

 O secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, representou o governador Rui Costa no primeiro dia da festa, que tem uma vasta programação, com palestras, contação de histórias, lançamento de livros, exibição de filmes, oficinas, jogral, baile popular, cavalgada e shows musicais, além de apresentação de quadrilhas e cordéis produzidos por estudantes da rede estadual. Além da Biblioteca Comunitária de Paiaiá, as atividades acontecem no Circo Premier, montado no povoado e pelas ruas.

Jerônimo Rodrigues falou sobre a importância da iniciativa como ferramenta pedagógica para os participantes. “A Festa Literária, em sua segunda edição, mostra que possui grande potencial para ser um espaço de muita participação de estudantes e comunidades da região. O Governo do Estado demonstra muita sensibilidade com esses projetos e queremos, com parcerias, transformar este momento em algo que tenha continuidade, valorizando a biblioteca com a manutenção do acervo e ampliando a feira para atrair ainda mais visitantes”, declarou Jerônimo, que participou, à tarde, de uma mesa de debate sobre a “Lei da Leitura e Escrita”.

O fundador da Biblioteca do Paiaiá, Geraldo Prado, 79, falou da emoção da realização de mais uma edição da Festa Literária, que deve mobilizar mais de 40 escolas da região. “É muito gratificante estarmos chegando à segunda edição do evento nestes padrões e a quarta realizada pela biblioteca. Ver estas crianças e jovens é emocionante, com apresentações culturais e amplo interesse na leitura. É muito bom termos o apoio de diversas prefeituras e comércio local, além da estreia da Secretaria da Educação do Estado como apoiadora desta festa. Com certeza, vamos crescer levando a literatura para todaa região, através da maior biblioteca comunitária rural da América Latina”, ressaltou o professor aposentado.

Pela programação, os estudantes do Colégio Estadual Professora Maria de Lourdes Ferreira da Silva, localizado no município, farão uma apresentação da quadrilha “Malu forrozeira”. Além disso, em estande montado na festa, será realizada uma exposição literária com cordéis produzidos pelos estudantes e com fotos dos projetos de literatura já realizados na escola, a exemplo de “Vanguardas europeias” e “Romantismo no Brasil”. Já os estudantes do Colégio Estadual Dom Pedro I irão participar de oficinas e contação de histórias, entre outras ações.

A estudante do 2º ano do Ensino Médio, Raiane Alves, 16, do Colégio Estadual Dom Pedro I, e moradora do Assentamento Terra Feliz, contou sua paixão pela leitura e como a festa pode ampliar o interesse pelos livros e a cultura. “Eu comecei a ler com regularidade aos 13 anos com os livros de Harry Potter e a me tornei fã dos livros de fantasia. Depois fui conhecendo os romances clássicos. É interessante como a leitura muda as pessoas. Já consegui influenciar meus irmãos que, hoje, trocam livros comigo. Por isso, acho importante um festival como este e uma biblioteca com um acervo tão especial serem valorizados. Estou pela segunda vez aqui e continuo achando um lugar mágico”, afirmou.

Escola

Em passagem pelo município de Nova Soure, o secretário Jerônimo Rodrigues, acompanhado pelo coordenador de projetos estratégicos da SEC, Marius Gomes, visitou os Colégios Estaduais Dom Pedro I e Maria de Lourdes. Na oportunidade, percorreu a unidade avaliando melhorias na infraestrutura e conversou com gestores e professores.

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]