Governo da Bahia sucateia os hospitais regionais e maltrata funcionários, diz deputado Leur Lomanto Júnior sobre paralisações em quatro unidades

Deputado Leur Lomanto Júnior (DEM-BA) critica governo Rui Costa.

Deputado Leur Lomanto Júnior (DEM-BA) critica governo Rui Costa.

O deputado Leur Lomanto Júnior (DEM) denunciou o descaso do governador Rui Costa (PT) com os hospitais regionais após nova paralisação de funcionários, desta vez da unidade de Juazeiro, no Norte da Bahia. Na última quinta-feira (04/07/2019), os profissionais do local decidiram fazer uma manifestação contra o atraso de dois meses no pagamento de salários.

“Rui sucateia os hospitais regionais e maltrata funcionários. Somente este ano, já foram registradas paralisações em pelo menos quatro hospitais regionais do estado. Além dos constantes atrasos salariais, eles protestam também contra as péssimas condições de trabalho e sucateamento das unidades”, destaca.

Leur lembra que, em maio, médicos do Hospital da Chapada, em Seabra, suspenderam as atividades por 24 horas devido aos três meses de salários atrasados e da precariedade nas condições de trabalho. Também em maio, pelo mesmos motivos, trabalhadores da unidade de Guanambi, no Sudoeste do estado, que atende a moradores de 50 cidades da região, decidiram suspender as atividades e fizeram uma manifestação cobrando melhores condições de trabalho.

Em janeiro, foi a vez dos médicos do Hospital Regional Costa do Cacau, em Ilhéus, no Sul da Bahia, realizaram uma greve devido ao atraso no recebimento dos honorários que já perdurava três meses. “Como vemos, a Bahia da propaganda petista é muito diferente da realidade. Os governos petistas precarizaram a saúde do estado e desvalorizaram os profissionais”, destaca o parlamentar

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]