Com investimento de R$ 24,5 milhões, é inaugurado Centro Cultural e Restaurante SESC Feira de Santana; Renato Teixeira apresentou show de abertura

Carlos Boulhosa Baqueiro discursa durante solenidade de inauguração do Centro Cultural e Restaurante SESC Feira de Santana (Centro Cultural Carlos Fernando Amaral).

Carlos Boulhosa Baqueiro discursa durante solenidade de inauguração do Centro Cultural e Restaurante SESC Feira de Santana (Centro Cultural Carlos Fernando Amaral).

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado da Bahia (Fecomércio Bahia) inaugurou nesta quinta-feira (18/07/2019) o Centro Cultural e Restaurante SESC Feira de Santana (Centro Cultural Carlos Fernando Amaral). A unidade, voltada aos comerciários e dependentes, mas aberta ao público em geral, recebeu investimento de R$ 24,5 milhões, em um terreno de 6.547,26 m² doado pela Prefeitura, durante o Governo Ronaldo. As edificações possuem 5.665,74 m² de área construída.

O Centro Cultural fica localizado na Praça Carlos Bahia, Centro, (próximo a Igreja Matriz), conta com instalações administrativas, restaurante escola, café-teatro, galeria de arte, biblioteca, sala multiuso, teatro com palco italiano, capaz de abrigar 294 pessoas, recursos técnicos de som e iluminação, camarins, espaço do artista e salas de ensaio/cursos, foyer e bilheteria. Estão previstas capacitação e formação de trabalhadores nos setores musical e gourmet.

O nome da unidade de Feira de Santana é uma homenagem ao ex-presidente da Federação do Comércio do Estado da Bahia, Carlos Fernando Amaral, que iniciou, durante o período em dirigiu o SESC, a interiorização das ações das entidades que compõem o Sistema Fecomércio na Bahia.

Durantes os discursos, os represantes da Fecomércio destacaram que a inauguração significa o cumprimento do objetivo principal da entidade, que é ampliar a promoção do bem-estar social e melhoria na qualidade de vida do público-alvo e da comunidade.

Ao receber a palavra, o prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins Filho, destacou a parceira para realização do empreendimento e o fato do Centro Cultural se somar a outras iniciativas da administração municipal que objetivam a valorização do centro do cidade.

Show de abertura

O virtuoso Renato Teixeira apresentou, na abertura do Centro Cultural Carlos Fernando Amaral, o show ‘Um Poeta e Um Violão’, oferecendo ao público uma viagem emocionante e divertida pela música do interior do Brasil.

A cada música que tocava, Renato Teixeira relatava algum aspecto da letra ou do momento vivenciado. Hilário foi o instante em que narrou a participação, ao lado de Dominguinhos (1942 — 2013), a coautoria da letra ‘Amizade Sincera, destacando episódios que ocorreram no Rio de Janeiro. Outro nome citado como parceiro, foi o do publicitário e compositor Antonio Miranda, cofundador da Agência Artecapital, cuja sede fica em Feira de Santana.

“Escolhemos o repertório, acertamos o tom, definimos sonoridade e conceito visual. Para fecharmos o projeto musical, nos concentramos nos itens técnicos desenvolvendo recursos minimalistas e refinados. Decidimos que nosso cenário teria apenas as cores das luzes.  Assim, fomos embelezando e simplificando as coisas para que pudéssemos ter um show ágil, emocionante, comunicativo, em que lindas canções fossem misturadas com deliciosas causos”, comentou Renato Teixeira.

O artista é autor de sucessos musicais que fazem parte do show ‘Um Poeta e Um Violão’, a exemplo de Romaria, Tocando em Frente, Amora, Amanheceu, Peguei a Viola, Frete, Recado, misturam-se às canções inéditas que carregam revelações poéticas características do autor – “cada um de nós compõe a própria história” – e propagam a essência filosófica de sua obra – “tudo se dá no momento e depois, já não é”, disse o artista.

Presenças

O evento contou com as presenças de Colbert Martins Filho (MDB), prefeito de Feira de Santana; José Ronaldo de Carvalho (DEM), ex-prefeito de Feira de Santana; Juliana Cavalcanti, chefe de gabinete da Secretaria Desenvolvimento Econômico da Bahia, na oportunidade, representando o governador Rui Costa (PT) e o vice-governador João Leão (PP); os deputados federais José Cerqueira Neto (Zé Neto, PT) e João Roma (PRB), Carlos de Souza Andrade, presidente da Fecomércio Bahia; José Carlos Boulhosa Baqueiro, diretor regional do SESC Bahia; bispo Zanoni Demettino Castro e, representando a Construtora FCK, empresa responsável pela execução da obra, estiveram presentes os engenheiros João Pedro Kruschewsky e Ícaro Razéra.

O evento de inauguração contou, também, com as presenças de conselheiros do SESC, diretores da Fecomércio e Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC), funcionários do Sistema, além de vereadores, secretários municipais, autoridades e imprensa.

Programação aberta ao público

As comemorações pela inauguração do Centro Cultural e Restaurante SESC Feira de Santana se estendem nos dias 19, 20 e 21 (sexta-feira, sábado e domingo), e é aberta ao público, contando com intensa programação, que inclui: visitas mediadas a unidade, exposição, oficinas, contação de histórias, exibição de filmes, sarau e apresentações musicais. Entre os destaques está o Grupo Wiyae, que através do Projeto Sonora Brasil, apresenta repertório de músicas do povo indígena Tikuna e de outras etnias. Os ingressos estarão à venda na bilheteria do teatro, das 15 às 20 horas, nos dias do evento.

Funcionamento do Restaurante

Voltado para a clientela preferencial e demais públicos, o restaurante de Feira de Santana, o primeiro do interior, inicia o atendimento nesta sexta-feira (19), na modalidade autosserviço a quilo, que possibilita atender 234 pessoas simultaneamente e produzir até 1.500 refeições/dia, além de fornecer o serviço de refeições para viagem. O cardápio possui elevado controle da qualidade nutricional, higiênico-sanitária e sensorial, supervisionado por nutricionistas, com vistas à melhoria da saúde, à prevenção e ao cuidado de agravos relacionados à alimentação e nutrição.

Baixe

Agenda SESC Sonora Brasil referente ao mês de julho de 2019

Prefeito Colbert Martins Filho discursa durante solenidade de inauguração do Centro Cultural e Restaurante SESC Feira de Santana (Centro Cultural Carlos Fernando Amaral).

Prefeito Colbert Martins Filho discursa durante solenidade de inauguração do Centro Cultural e Restaurante SESC Feira de Santana (Centro Cultural Carlos Fernando Amaral).

Renato Teixeira apresentou o show 'Um Poeta e Um Violão', durante inauguração do Centro Cultural e Restaurante SESC Feira de Santana (Centro Cultural Carlos Fernando Amaral), ocorrida nesta quinta-feira (18/07/2019).

Renato Teixeira apresentou o show ‘Um Poeta e Um Violão’, durante inauguração do Centro Cultural e Restaurante SESC Feira de Santana (Centro Cultural Carlos Fernando Amaral).

Instalações do Centro Cultural e Restaurante SESC Feira de Santana (Centro Cultural Carlos Fernando Amaral).

Instalações do Centro Cultural e Restaurante SESC Feira de Santana (Centro Cultural Carlos Fernando Amaral).

Vista do interior do Centro Cultural e Restaurante SESC Feira de Santana (Centro Cultural Carlos Fernando Amaral).

Vista do interior do Centro Cultural e Restaurante SESC Feira de Santana (Centro Cultural Carlos Fernando Amaral).

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518), Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado da Bahia (SINJORBA), Associação Brasileira de Imprensa (ABI Nacional, Matrícula nº E-002907) e Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).