Vídeo com futebolista Neymar evidencia violência feminina contra o atleta; Autenticidade é questionável

Neymar da Silva Santos Júnior, jogador de futebol.

Neymar da Silva Santos Júnior, jogador de futebol.

Um vídeo enviado nesta quinta-feira (06/06/2019) por fonte do Jornal Grande Bahia (JGB) evidência cenas de violência feminina contra o que aparenta ser o jogador de futebol Neymar da Silva Santos Júnior.

Segundo a fonte, a agressora que aparece no vídeo é a mulher que acusa Neymar de estupro.

No vídeo, a mulher assume a posição de dominadora e, na sequência, promove ataque de fúria, desferindo violentos golpes contra o atleta. Mas, é controversa a autenticidade do vídeo.

Modelo assume acusação

A modelo Najila Trindade de Souza concedeu entrevista ao SBT nesta quarta-feira (05), em São Paulo e reafirmou que o jogador cometeu a violência, dando alguns detalhes do que teria ocorrido no quarto.

Najila Trindade viajou no mês de maio à Paris, França, com despesas pagas pelo jogador e se hospedou no Hotel Sofitel Arco do Triunfo, onde, segundo ela, teria ocorrido a agressão seguida de estupro.

Presunção se inocência

No sistema judicial do Brasil ocorre a presunção de inocência, ou seja, cabe a quem acusa apresentar provas que convença a justiça da tese acusatória.

Observa-se que uma falsa acusação, ou uma acusação que seja rejeitada pela Justiça enseja prática criminosa por denunciação caluniosa e é passível de condenação financeira e pena de reclusão, ou de restrição de direitos.

Confira vídeo

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518), Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado da Bahia (SINJORBA), Associação Brasileira de Imprensa (ABI Nacional, Matrícula nº E-002907) e Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).