Presidentes da ALBA e do TRE Bahia debatem nova formato para realização do cadastramento biométrico de eleitores

Desembargador Jatahy Fonseca Junior, presidente do TRE Bahia e o deputado Nelson Leal, presidente da ALBA, acompanhados de parlamentares, debatem soluções para execução de nova etapa do cadastramento biométrico de eleitores, nesta terça-feira (04/06/2019).

Desembargador Jatahy Fonseca Junior, presidente do TRE Bahia e o deputado Nelson Leal, presidente da ALBA, acompanhados de parlamentares, debatem soluções para execução de nova etapa do cadastramento biométrico de eleitores.

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), deputado Nelson Leal (PP), recebeu nesta terça-feira (04/06/2019), a visita do presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), desembargador Jatahy Fonseca Junior. O chefe da Corte Eleitoral apresentou, em audiência pública, aos deputados estaduais, federais, vereadores, prefeitos e representantes da OAB-Bahia, entre outras entidades, novidade sobre o cadastramento biométrico dos eleitores.

“Nos pequenos municípios da Bahia a adesão à biometria é pequena em virtude da dificuldade de deslocamento”, observou Nelson Leal. Ele citou como exemplo o município de Ipupiara, no Oeste do estado, cujo cartório eleitoral fica em Oliveira dos Brejinhos, a 109 quilômetros de distância.

A nova formatação do processo de biometrização prevê parcerias com as prefeituras para a instalação de postos de cadastramento nos municípios onde não há cartório eleitoral e também em grandes distritos. A prioridade de atendimento nesta nova fase será para os eleitores que agendarem o cadastramento por telefone ou internet (0800 071 6505 /agendamento.tre-ba.jus.br). “Escolhi a Assembleia para anunciar as novidades por ser ela o Poder mais legítimo entre os Poderes. Verdadeiramente a Casa do Povo”, disse o presidente do TRE.

“Precisamos de um grande mutirão, porque as maiores dificuldades estão justamente nas cidades que perderam cartórios eleitorais e a pouca participação do eleitorado pode favorecer quem tem mais condições econômicas”, alertou Nelson Leal. De acordo com o presidente do TRE, 70% dos eleitores dos grandes municípios fizeram biometria, mas nos pequenos municípios a situação é inversa. Para ele, isso é preocupante para 2020 e pode comprometer a legitimidade das eleições.

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]