Em entrevista à Roberto D’Ávila, governador Rui Costa diz que desafio da administração é difundir o desenvolvimento pelo território da Bahia; Confira vídeo

Roberto D'Ávila entrevista governador Rui Costa.

Roberto D’Ávila entrevista governador Rui Costa.

A GloboNews transmitiu nesta segunda-feira (17/06/2019) entrevista com governador Rui Costa, concedida ao jornalista Roberto D’Ávila.

Um dos pontos de destaque da entrevista foi a percepção de desenvolvimento estadual do governante.

“O maior desafio é superar os indicadores sociais perversos que fizeram da Bahia um estado de economia centralizada na Região Metropolitana de Salvador, com um povo muito pobre, espelhado pelo território. Isso se reflete na arrecadação. A Bahia é o 20º estado em arrecadação per capita. Eu diria que o grande desafio é desenvolver este estado, que é do tamanho da França, levando infraestrutura e oportunidade de emprego e renda para os quatro cantos da Bahia, levando, também, serviços públicos. No primeiro mandato inauguramos sete hospitais públicos e alguns deles foram no interior do estado”, disse Rui Costa.

Ainda durante a entrevista, o governador defendeu maior autonomia financeira para estados e municípios, em detrimento da União; lamentou a clivagem da imagem do país junto a comunidade internacional, em decorrência das estapafúrdias declarações e retrógrados posicionamentos do presidente Jair Bolsonaro; avaliou que falta capacidade de diálogo ao Governo Bolsonaro e afirmou que o Partido do Trabalhadores deve fazer uma remissão às origens, com retomada da interlocução direta com a população.

Ao comentar sobre o êxito da administração, Rui Costa disse que a fórmula é redução da atividade meio e concentração dos investimentos nas atividades fim. Ele destacou que educação e saúde receberão substantivos investimentos do governo estadual.

Além dos aspectos abordados, Rui Costa discorreu sobre as Parcerias Público Privada (PPP), situação dos estados na reforma da Previdência, relações com o Governo Bolsonaro e desafios para reaquecer a economia da Bahia.

Ele abordou, também, o início de sua vida política e os cargos que ocupou até chegar ao governo da Bahia.

Confira vídeo

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518), Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado da Bahia (SINJORBA), Associação Brasileira de Imprensa (ABI Nacional, Matrícula nº E-002907) e Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).