Vereador aborda edital do conselho tutelar e sugere que Feira de Santana adote novas modalidades de mercado

Cadmiel Mascarenhas: estão sendo ofertadas 20 vagas para quatro conselhos tutelares da cidade.

Cadmiel Mascarenhas: estão sendo ofertadas 20 vagas para quatro conselhos tutelares da cidade.

Nesta segunda-feira (27/05/2019) foram abertas as inscrições para os cargos de conselheiros tutelares de Feira de Santana. Durante a sessão desta quarta-feira (29), o vereador Cadmiel Pereira (PSC) usou seu tempo na tribuna para repercutir a notícia e incentivar a população a participar do processo seletivo.

“Estão sendo ofertadas 20 vagas para quatro conselhos tutelares da cidade. É uma oportunidade para continuar garantindo os direitos das crianças e adolescentes”, informou Cadmiel.

 Ele ainda destacou que as inscrições serão encerradas dia 14 de junho. “Quem já trabalha na área ou já tem experiência com criança, dirija-se a sede do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente”, findou.

Cadmiel pede investimentos em modalidades de mercado para Feira de Santana

Em pronunciamento, na sessão ordinária desta quarta-feira (29), na Câmara Municipal de Feira de Santana, o edil Cadmiel Pereira (PSC) tratou sobre o crescente número de desemprego no Brasil e sugere que Feira de Santana adote novas modalidades de mercado.

“O crescente número de desemprego no Brasil vem deixando pais e mães de família em situação de vulnerabilidade. Precisamos de estratégias do Governo em se comprometer com essas pessoas, precisamos de financiamento de projetos que tirem elas de situação de vulnerabilidade. Temos hoje uma necessidade real de investimentos para tornar o homem produtivo para gerar renda e sustentar suas famílias. Uma das estratégias do mundo empresarial, por conta dos muitos tributos, é pedir socorro. Eles clamam por uma reforma tributária para que continuem gerando emprego”, pontuou Cadmiel.

E continuou. “Estamos acompanhando a nova roupagem do microempreendedoríssimo, estamos vendo o surgimento de novas plataformas como as redes sociais. Há empresas se aprimorando em marketing digital. As empresas buscam novas estratégias de se colocarem no mercado. Precisamos dar a essas empresas nova tributação para que se estabeleçam e tragam mais empregos”, disse.

Para finalizar, Cadmiel lembrou que o mercado eletrônico é mais de 70% de grandes lojas de departamento no Brasil. “Feira de Santana não pode ficar de fora do comércio eletrônico e para isso deve haver simpósios, congressos e mais ações da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Casa do Trabalhador e mais órgãos municipais. É preciso conhecer a nova linguagem de comercializar. Os aplicativos também ajudam na facilidade de adquirir produtos e serviços. Feira de Santana deve estar preparada para entrar nesse mundo e a tecnologia está aí”, findou.

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]