Oficina atualiza Feira de Santana no mapa do turismo do Caminho do Sertão

Evento promovido pela Prefeitura de Feira de Santana debateu Zona Turística Caminho do Sertão.

Evento promovido pela Prefeitura de Feira de Santana debateu Zona Turística Caminho do Sertão.

Municípios que compõem a Zona Turística Caminho do Sertão confirmaram a participação no Cadastur, o Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos do Ministério do Turismo. Os representantes das cidades envolvidas no programa de incentivo participaram da Oficina de Atualização do Mapa de Turismo Brasileiro 2019, durante reunião no Salão Nobre do Paço Municipal Maria Quitéria, em Feira de Santana. O encontro foi promovido nesta sexta-feira (10/05/2019) pelo Governo do prefeito Colbert Martins Filho.

Para o secretário de Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico (Settdec) de Feira de Santana, Antônio Carlos Borges Júnior, a importância da promoção no turismo para a economia é justamente na sua resposta mais imediata nos investimentos para a geração de trabalho e renda.

O coordenador da Câmara Técnica da Zona Turística Caminho do Sertão e presidente do Sindicato dos Hotéis e Restaurantes de Feira de Santana, Getúlio Andrade, ressalta a importância da atualização do mapa turístico. “Na Bahia são 13 zonas temáticas e a atualização é feita a cada dois anos. E isto possibilita receber incentivos dos governos federal, estadual e municipal”, frisou.

Durante o evento, o superintendente de Serviços Turísticos da Secretaria de Turismo da Bahia, Jorge Ávila, ressaltou a meta de alcançar 200 município turísticos no estado. “O turismo vem ser mais uma alternativa de movimentação de recursos no estado e não vai competir com a agropecuária”, destacou.

Já Divaldo Borges, da Diretoria de Regulação e Certificação de Serviços Turísticos, observou que a participação dos municípios no Cadastur torna o turismo mais forte.

Durante o evento também estiveram presentes a diretora do Departamento de Turismo da Settdec, Graça Cordeiro, e a chefe da Divisão de Apoio de Turismo, Mabel Barbosa.

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518), Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado da Bahia (SINJORBA), Associação Brasileira de Imprensa (ABI Nacional, Matrícula nº E-002907) e Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).