Espetáculo ‘Chorume’ em cartaz no Teatro SESI Rio Vermelho, em Salvador

Elenco do espetáculo 'Chorume uma comédia de restos'.

Elenco do espetáculo ‘Chorume uma comédia de restos’.

Com uma dramaturgia radicalmente fragmentada e dinâmica, Chorume – uma comédia de restos, de autoria do paulistano Vinicius Calderoni e direção de João Sanches (Egotrip/Revele), reflete sobre o excesso de lixo (material, verbal, emocional e comportamental) que a vida urbana tem produzido numa velocidade impressionante. O espetáculo estreia no Teatro SESI – Rio Vermelho, 18 de maio, onde cumpre curta temporada, aos sábados e domingos, às 20 horas, até 16 junho.

O elenco formado por quatro atores e um músico se reveza em 86 personagens. Para o desafio de encarnar múltiplos papeis, sobe ao palco um grupo prestigiado e experiente composto por Evelin Buchegger (ganhadora do troféu de Melhor Atriz do Prêmio Braskem de Teatro em 2002 e de Melhor Atriz Coadjuvante em 1999), Mariana Moreno (vencedora do troféu de Melhor Atriz do Prêmio Braskem de Teatro em 2017), Talis Castro (indicado como Revelação em 2012 e como Melhor Ator em 2015 no Prêmio Braskem de Teatro), Wanderley Meira (vendedor do troféu de Melhor Ator do Prêmio Braskem de Teatro em 2015) e o músico e produtor musical Leonardo Bittencourt, responsável pela trilha sonora de diversas peças de sucessos na Bahia e indicado ao Prêmio Cenym de Teatro Nacional em 2017.

A montagem encenada por Sanches (ganhador dos troféus de Melhor Texto e Melhor Espetáculo do Prêmio Braskem de Teatro, em 2013) e escrita por Calderoni (ganhador do Prêmio Shell de Teatro na categoria Melhor Autor, em 2016, APCA 2018 pela dramaturgia do musical Elza, entre outros prêmios e indicações) aborda com um humor cheio de sarcasmo questões contemporâneas como fake news e polêmicas geradas nas redes sociais. “Com o avanço tecnológico da comunicação, temos, hoje, um mundo onde todo mundo quer e pode falar, mas onde ninguém se escuta”, afirma o diretor. Esse “lixo de vozes e palavras” é a matéria prima dessa comédia contemporânea, cujo humor irônico e caótico pretende nos proporcionar a experiência de revirar o nosso próprio “lixo”.

Chorume

Uma comédia de restos aborda o excesso, a saturação, o lixo que a vida urbana contemporânea tem produzido numa velocidade impressionante. Composta a partir, literalmente, de restos de outros textos do autor e também de todo tipo de literatura “imprópria para o palco”, como afirma o próprio Calderoni, a peça apresenta um dispositivo polifônico em que se pode ouvir/ver, de maneira louca e caótica, as diversas vozes e cenas que atravessam diariamente o cotidiano das grandes cidades. Num mundo do “hiper” (hipermercado, hiperconsumo, hiperconectividade, hipervelocidade, hiper-comunicação), em que a velocidade do consumo se confunde com a velocidade do descarte, onde as tecnologias de informação permitem a publicização massiva de opiniões, imagens, notícias e apelos diversos, a encenação de Chorume – uma comédia de restos convida a plateia a se perguntar sobre sua identidade e revirar esse grande “lixão” que se tornou nossas cidades, nossas time lines, nossas vidas.

Concepção cênica

O diretor João Sanches, que também assina cenário, luz e figurino da montagem, propôs um cenário composto a partir do lixo produzido pela própria equipe. Com esse material, ele preencheu todo o teto do palco com sacos cheios de lixo os quais, juntos, se assemelham a uma grande onda de lixo prestes a desabar sobre a cabeça dos atores.

Ficha-técnica

Texto: Vinicius Calderoni

Direção: João Sanches

Elenco: Evelin Buchegger, Mariana Moreno, Talis Castro e Wanderley Meira

Trilha ao vivo: Leonardo Bittencourt

Cenário: João Sanches e Wanderley Meira

Iluminação: João Sanches

Figurino: João Sanches e Guilherme Hunder

Assessoria de imprensa: Maurício Ferreira

Fotografia: Diney Araújo

Produção: Elenco

Agenda

O que: espetáculo Chorume – uma comédia de restos

Quando: 18/05 a 16/06, às 20 horas

Onde: Teatro SESI Rio Vermelho

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]