Vereador apresenta construções realizadas com o auxílio da redução salarial do ex-prefeito José Ronaldo

Cadmiel Macarenhas: esses valores reduzidos ajudaram na construção de creches na sede e distrito.

Cadmiel Macarenhas: esses valores reduzidos ajudaram na construção de creches na sede e distrito.

No uso da tribuna, na sessão ordinária desta segunda-feira (15/04/2019), na Câmara Municipal de Feira de Santana, o vereador Cadmiel Pereira (PSC) apresentou uma lista de creches, pré-escolas e centros municipais de educação infantil, construídos com o saldo da redução salarial do ex-prefeito José Ronaldo, quando prefeito de Feira de Santana à época, durante o período de janeiro de 2013 a maio de 2018.

“Gostaria de chamar atenção do vereador Alberto Nery, que questionou a redução do salário do ex-prefeito José Ronaldo para a construção de creches, pré-escolas e centros municipais de educação infantil em Feira de Santana. José Ronaldo pediu para que transmitisse ao colega a resposta, ao qual ele tem muito respeito”, disse Cadmiel fazendo a leitura da lista.

Segundo o vereador, José Ronaldo pediu uma relação à Secretaria Municipal de Educação. Foram eles: centros municipais de Educação Infantil Eduardo da Silva Pessoa Miranda, Eduarda Oliveira França, Honorina Oliveira Amorim, Irmá Rosa de Lima Caribé Amorim, Carlos Marinho Falcão, Paulino Martins dos Santos, Antônio Carlos Machado, Manoel Anchieta Nery de Souza, Neusa dos Santos Brasileiro, Vanilda Barros Boaventura, Paulo Almeida Cordeiro, Agnaldo Ferreira Marques, Luzia Almeida Souza (Dona Iaiá), Hugo Navarro Silva, José da Costa Falcão, Professora Janete Gomes Medeiros e Anízio Pereira Bernardes.

E mais a Pré-Escola Municipal Mãe dos Humildes; a Creche-Escola Professora Dalva Suzart Gomes; a Pré-Escola Municipal Marina Carvalho e ainda as escolas municipais Professor Carlos Alberto do Carmo, Antônio Antunes dos Santos, Álvaro Pereira Boaventura, Jessé Torres Cunha, Arthur Martins da Silva e a Escola Municipal da Amizade.

Ainda de acordo com Cadmiel, com a redução de salário, o dinheiro fica na conta da Prefeitura. “Esses valores reduzidos ajudaram na construção de creches na sede e distrito. Quando houve a proposta de aumento salarial, Ronaldo optou em não recebê-lo e gerar um saldo positivo para as contas da Prefeitura, para ser usado nessas construções. Ronaldo pediu que eu trouxesse essa resposta, por conta do grande respeito que tem por Nery”, pontuou.

Em aparte, o oposicionista Alberto Nery (PT) pediu que o edil Cadmiel Pereira confirmasse a informação. “Vossa Excelência está declarando que estas creches e centros municipais de Educação Infantil foram construídos com a redução salarial do prefeito à época? ”, perguntou.

De volta com a palavra, Cadmiel ressaltou que o acúmulo de valores gerou um saldo positivo à Prefeitura. “Os valores pagos às empresas foram pagos com este dinheiro. Junto com os recursos da Prefeitura, há ainda esse saldo positivo da redução do salarial de Ronaldo, quando prefeito à época. Vale lembrar que todas as obras só são executadas com licitação”, esclareceu.

Para finalizar, Carlito do Peixe (DEM) também aparteou no debate. “Nunca chega recurso federal com o valor fechado da obra; a Prefeitura sempre entra com uma contrapartida”, findou.

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]