Prefeitura de Feira de Santana lança Prêmio MPT na Escola 2019, iniciativa que combate o trabalho infantojuvenil

Prêmio é de iniciativa do MPT e será desenvolvido em parceria com o Governo do prefeito Colbert Martins da Silva Filho.

Prêmio é de iniciativa do MPT e será desenvolvido em parceria com o Governo do prefeito Colbert Martins da Silva Filho.

Ao longo dos próximos meses, o trabalho infantojuvenil será discutido nas aulas em 15 escolas da Rede Municipal de Educação de Feira de Santana de forma interdisciplinar. Os debates serão estimulados pelo Prêmio MPT na Escola 2019, lançado na manhã de terça-feira (23/04/2019), na sede do Ministério Público do Trabalho. O prêmio integra o projeto do MPT intitulado “Resgate a Infância – Eixo Educação”.

O prêmio é de iniciativa do MPT e será desenvolvido em parceria com o Governo do prefeito Colbert Martins da Silva Filho, por meio das secretarias municipais de Educação e Desenvolvimento Social, nos próximos três meses; ele visa conscientizar e sensibilizar a comunidade escolar sobre os riscos do trabalho infantojuvenil. As escolas foram escolhidas com base em 15 áreas localizadas próximas a Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) do município.

“De certa forma, o trabalho infantil é aceito pela sociedade e nós precisamos acabar com isso”, defende a procuradora do Trabalho, Annelise Pereira, durante a cerimônia de lançamento.

O MPT oferece às escolas sugestões de como inserir o tema no planejamento pedagógico das unidades de ensino, mas quem decide como fazê-lo são as próprias instituições. “Numa aula de português, por exemplo, os alunos podem escrever um texto sobre o tema”, orientou a procuradora.

Até o dia 7 de junho, estudantes de 4º e 5º anos desenvolverão atividades voltadas para esta discussão em cinco categorias: conto, poesia, música, desenho ou curta-metragem. Essa é a data final para a inscrição das produções.

No dia 24 de junho, se encerram as atividades com a premiação da turma e escola vencedoras. No encerramento do prêmio, todos os estudantes das três melhores turmas receberão mochilas e cinco escolas que obtiverem destaque em suas produções ganharão computadores.

A Seduc planeja realizar, no dia 12 de junho, um dia de mobilização nas escolas, voltado para atividades sobre o trabalho infantojuvenil – semelhante ao que é feito no Dia do Brincar.

Durante a cerimônia de lançamento do prêmio, a secretária de Educação, Jayana Ribeiro, destacou a importância da iniciativa. “Quanto mais órgãos estiverem envolvidos nesta luta, unidos para melhorar a educação, poderemos contar com resultados mais positivos. A discussão é necessária e é importante que comece pelas escolas”, observou.

Também participaram do evento gestores das escolas participantes; a chefe da Divisão de Planejamento e Técnicas Pedagógicas, Luscilla Carvalho Lima; a chefe da Divisão de Ensino Fundamental, Ivamara Bastos; e o chefe da Divisão de Proteção Social Especial, da Sedeso, Roque Luiz Santana de Morais, que representou o secretário da pasta, Ildes Ferreira.

Publicidade

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]

Notice: Undefined variable: mh_newsdesk_options in /home/jornalgr/public_html/wp-content/themes/mh_newsdesk/comments.php on line 2