Vereadores criticam ações de fiscais da Secretaria de Trabalho de Feira de Santana

Luiz Ferreira (Luiz da Feira): como a criancinha se sentiu naquele momento vendo a mãe desesperada? Eu sou pai e já fui camelô.

Luiz Ferreira (Luiz da Feira): como a criancinha se sentiu naquele momento vendo a mãe desesperada? Eu sou pai e já fui camelô.

Na sessão ordinária desta segunda-feira (18/03/2019), na Câmara Municipal de Feira de Santana, o vereador Luiz Ferreira (Luiz Da Feira, PPL) reclamou da ação de fiscais da Secretaria de Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico (SETTDEC) que apreendeu as mercadorias de uma vendedora ambulante na última sexta-feira (15).

Segundo ele, os fiscais abordaram a ambulante que estava acompanhada de dois filhos pequenos e levaram toda a mercadoria. “Como a criancinha se sentiu naquele momento vendo a mãe desesperada? Eu sou pai e já fui camelô”, disse o vereador, reafirmando que respeita e sempre vai defender a categoria. Ele argumentou que a Secretaria de Desenvolvimento precisa criar mecanismos para dialogar com os ambulantes e “não chegar prendendo as mercadorias”.

José Marques endossa discurso contra fiscais da Secretaria de Trabalho

O vereador José Marques (Zé Curuca, DEM) iniciou seu discurso na Casa da Cidadania, na sessão desta segunda-feira (18), ratificando o pronunciamento do seu colega Luiz da Feira (PPL). “Endosso as palavras de Luiz da Feira, pois trabalhei 25 anos vendendo coentro no Centro de Abastecimento”, disse.

Ele destacou que conhece as dificuldades enfrentadas pelos vendedores ambulantes. “Já tomei carreira do rapa. É preciso deixar a população trabalhar. E não tirar o pão do trabalhador, da mãe de família que quer sustentar os filhos”, concluiu.

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]